Política

Vereadores e deputados cearenses cobram saída de Temer e novas eleições

Parlamentares da oposição fizeram discursos e manifestações pela saída de Temer (Divulgação)

Parlamentares da oposição fizeram discursos e manifestações pela saída de Temer (Foto: Divulgação)

Casas Legislativas do Ceará começaram o dia nesta quinta-feira, 18, com uma série de protestos contra a permanência de Michel Temer (PMDB) na Presidência da República. Logo no início das sessões, diversos vereadores de Fortaleza e deputados estaduais fizeram discursos e manifestações pedindo saída do peemedebista e novas eleições diretas.

“É o único caminho de retorno à democracia neste País”, disse a deputada Rachel Marques (PT). Pela manhã, vários parlamentares do bloco de oposição no Congresso (PT-PCdoB-PDT-Rede-Psol) posaram para fotos ao lado de mensagens pedindo a renúncia do presidente.

Para o deputado Carlos Felipe (PCdoB), fato de as provas terem sido coletadas por trabalho da Polícia Federal e da Procuradoria-Geral da República (PGR) provam que elas seriam “concretas”. “Não se trata de ilação. Tudo ali é concreto. A população quer uma nova eleição”, disse.

Da tribuna da Câmara Municipal, o vereador Dr. Porto (PRTB) abriu discursos do dia defendendo saída de Temer e manifestações populares. “Nós temos que sair do Facebook e ir para as ruas”.

Protestos ocorrem após o jornal O Globo revelar que o presidente teria sido gravado pelo empresário Joesley Batista, um dos donos da JBS, dando aval para “compra” do silêncio de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) na Lava Jato.