Política

Aliança entre Camilo e Eunício é “vergonha” e “loucura”, diz Lindbergh Farias

476 2

O petista criticou a condução do Senado pelo cearense Eunício. Foto: Reprodução/Facebook

O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) mandou um recado para o Ceará e disse que uma provável aliança entre o petista Camilo Santana (PT) e o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB), para a disputa eleitoral do ano que vem é uma “vergonha” e uma “loucura”.

“Eu quero dizer para o pessoal do Ceará que eu ouvi uma história de aliança do Eunício com o PT. Pelo amor de Deus, esse cara votou no golpe, conduziu a votação da reforma trabalhista criminosa… É uma vergonha se houver isso, sinceramente eu acho uma loucura. Deixa ele pra lá, vamos fazer a nossa chapa…”, discursou o petista em vídeo compartilhado nas redes sociais.

As críticas do parlamentar carioca ao cearense se deram após bate-boca entre o petista e parlamentares na Casa envolvendo a condução dos trabalhos do Senado pelo peemedebista. “O senador Eunício está rasgando o regimento, está querendo fazer aqui um tratoraço. É autoritário, arrogante, não respeita a oposição… Não vamos baixar a cabeça pra ele que preside o senado como se estivesse dirigindo a fazenda dele aqui”, pontuou.

Aliança

A reprovação de Lindbergh a uma possível aliança Camilo-Eunício no Ceará se fundamenta nas conversas de bastidores que dão conta dessa aproximação política-eleitoral. Na última sexta-feira, 24, Eunício chegou a admitir uma aliança com o governador do Ceará.

Veja vídeo:

ESCÂNDALO: EUNÍCIO RASGA O REGIMENTO PARA APROVAR MP DA SHELL!

ESCÂNDALO: EUNÍCIO RASGA O REGIMENTO PARA ABRIR CAMINHO PARA APROVAR MP DA SHELL!#CoragemParaDefenderTrabalhadorO presidente do Senado resolveu que a casa é uma extensão da sua fazenda: o autoritarismo com que dirige as sessões é aberrante. O PT do Ceará não pode nem pensar em fazer aliança com um apoiador e operador do golpe! As regras não valem mais, o que vale é a sua vontade de fazer valer a vontade de Temer e das empresas estrangeiras que mandam no país. Para abrir caminho para aprovar a MP 795, que beneficia a Shell e outras empresas estrangeiras que passarão a pagar menos impostos no Brasil, Eunício desrespeita a oposição, ignora a democracia e passa o trator no plenário. Se ele pensa que vai intimidar a oposição, está muito enganado!

Publicado por Lindbergh Farias em Quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Recomendado para você