Política

Na volta da Assembleia, deputado diz que secretário dirige SSPDS “de outro planeta”

Na volta do recesso parlamentar e a duas semanas do início da campanha eleitoral, segurança  pública está na pauta da Assembleia Legislativa do Ceará. O mote é a onda de ataques que assola a Região Metropolitana de Fortaleza nos últimos dias.

Segundo a discursar – antes dele, Fernando Hugo (PP) falou de previdência – Ely Aguiar (PSDC) levou o assunto à tribuna. Citou o impacto para a população dos incêndios de ônibus, das granadas em delegacias. Ele direcionou ataques específicos ao secretário da Segurança Pública e Defesa Social, André Costa.

“Temos um secretário de Segurança Pública que diz que essa cidade não está sitiada. Certamente, está dirigindo a secretaria em outro planeta”. O deputado disse ainda que o programa Ceará Pacífico não deu certo. “O Estado é pessimamente conduzido quando se trata de segurança pública”.

 

(Foto: Paulo Rocha/Assembleia Legislativa)

Críticas à Assembleia

O deputado criticou ainda a própria Assembleia no trato da questão. Ele reclamou que a questão da segurança não é discutida. “Parece que esta Casa não está em território cearense”.

O motivo, conforme o parlamentar, é o desejo de poupar o governo Camilo Santana (PT). “Aqui se quer agradar o Governo do Estado em troca de algum benefício. Essa casa não pode ser omissa nessa questão”, afirmou Ely. “As pessoas estão reféns. Fortaleza é hoje capitania hereditária do crime organizado”.

Ele reconheceu que a postura crítica em relação ao Governo do Estado talvez lhe custe a reeleição. “Não sei se terei êxito na minha eleição, mas sairei daqui com a cabeça erguida”.

Direito da Polícia de matar

O parlamentar ainda defendeu que os policiais tenham garantias para matar criminosos quando em operações. Ele citou a entrevista de Jair Bolsonaro no programa Roda Viva. Segundo ele, os entrevistados pareciam todos serem comunistas e criticavam o fato de policiais atirarem contra criminosos.

Na sequência, o deputado Roberto Mesquita insistiu no discurso da segurança.

Recomendado para você