Política

Haddad fala sobre críticas de Mano Brown e Cid Gomes em resposta a Bolsonaro

890 1

O candidato à Presidência da República, Fernando Haddad (PT), postou tuíte em resposta ao adversário Jair Bolsonaro (PSL), que ironizou críticas do rapper Mano Brown ao PT. A fala do ex-Racionais Mc’s se deu durante ato em apoio à candidatura do ex-ministro da Educação, nessa terça-feira, 23, no Arco da Lapa, no Rio de Janeiro. “Concordo com o Mano Brown”, escreveu o ex-capitão em rede social.

“Bolsonaro acha estranho que eu tenha eleitores críticos como Mano Brown e Cid Gomes. Bolsonaro estranha porque não admite críticas. Eu convivo com críticas e um governo democrático convive com críticas. Bolsonaro não.”, respondeu Haddad no Twitter.

LEIA TAMBÉM: Ibope: Bolsonaro mantém vantagem, mas Haddad ganha sobrevida

Igrejas de Fortaleza lançam carta pela democracia e contra tortura e fake news

Em discurso, Brown falou para a militância que “falar bem pra torcida do PT é fácil”. Para ele, deve ser abordado o eleitor que não estava no ato, aquele “que precisa ser conquistado”. Depois, afirmou que não foi ao encontro para ganhar votos, já que acha que a eleição já está decidida.

Confira vídeo de Brown:

https://twitter.com/jairbolsonaro/status/1055131515674337280

“Deixou de entender o povão, já era. Se nós somos o partido dos trabalhadores, partido do povo, tem que entender o que o povo quer. Se não sabe, volta pra base e vai procurar saber”, criticou.

Além de Brown,  Cid Gomes (PDT) discutiu com eleitores petistas em evento do próprio PT no último dia 15. Ele defendeu que o partido precisaria fazer realizar autocrítica, um mea culpa.  “O Lula tá preso, babaca”, disse durante discussão com militante.

 

 

Recomendado para você