Política

Deputada que pediu para alunos gravarem “professores doutrinadores” é denunciada por ex aluno

39984 10

Defensora da “escola sem partido”, a deputada estadual eleita em Santa Catarina Ana Caroline Campagnolo (PSL) foi denunciada por um ex aluno, no Twitter, de fazer campanha pró-Bolsonaro dentro da sala de aula.

Pelo perfil @poetjjong, a pessoa se identifica como “Sebastian” e publica fotos da professora de História vestindo a camisa do então candidato Jair Bolsonaro, dentro da sala de aula.

Reprodução/Twitter

Campagnolo gerou polêmica na última segunda-feira, 29, ao abrir um canal informal de denúncias na internet para fiscalizar professores em sala de aula. A campanha empreendida por ela é contra a “doutrinação comunista do PT e da esquerda” nas salas de aula, pedindo que vídeos e informações sejam repassados para o seu número de celular com o nome do docente, da escola e da cidade. Ela inclusive garante “o anonimato dos denunciantes”, conforme a imagem compartilhada pela pesselista em sua rede social.

Até a publicação desse post, a deputada eleita pelo PSL não se pronunciou.

Recomendado para você