Política

Guedes anuncia superministério da Economia e fusão de Agricultura com Meio Ambiente

1145 3

Economista e braço direito de Bolsonaro, Paulo Guedes. (Foto: AFP)

O futuro ministro de Jair Bolsonaro (PSL), o economista Paulo Guedes, anunciou nesta terça-feira, 30, a junção de ministérios. Assim, conforme o portal de notícias Uol, as pastas ficarão organizadas da seguinte maneira: Fazenda, Planejamento e Indústria e Comércio virarão ministério da Economia.

Agricultura e Meio Ambiente transformam-se em único ministério, com nome ainda não anunciado.

LEIA TAMBÉM: Servidor da AL que criticou voto de “vadias” é desligado do gabinete de Heitor Férrer

Diferentes setores da sociedade repercutem vitória de Bolsonaro

Manchete da publicação carioca O Globo no último dia 25 noticiou que Bolsonaro poderia recuar da decisão de reduzir os ministérios por meio desta fusão.

Conforme o G1, ele teria recebido empresários do agronegócio e dado sinais de abandono da junção. Ele também encontrou resistências por parte de ambientalistas, que alegaram que a retirada da pasta do Meio Ambiente causaria danos irreversíveis.

Nomes confirmados

O presidente eleito já tem confirmado Paulo Guedes na Economia,  o general Augusto Heleno (PRP) na Defesa, o deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM) na Casa Civil e o astronauta Marcos Pontes na Ciência e Tecnologia.

Recomendado para você