Política

Camilo diz desconhecer quebra de sigilo e afirma que nunca foi notificado

O governador Camilo Santana afirmou, por meio da assessoria, que não tem conhecimento da quebra de sigilo bancário e fiscal de que teria sido alvo em inquérito relacionado à JBS. O senador Cid Gomes (PDT) e Camilo são alvos de investigação sobre doações eleitorais feitas pela JBS. O empresário Wesley Batista disse que a liberação de créditos de ICMS do Estado para a empresa eram condicionados a doações eleitorais.

O governador disse que “jamais foi sequer notificado para esclarecer qualquer fato a respeito do referido caso no âmbito da Polícia, do Ministério Público ou da Justiça Federal”.

Recomendado para você