Política

Em meio a tumulto na CCJ, campainha para de funcionar; deputado reage: “Senta que o boi é manso”

1019 1

A nova tentativa de votar a Reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara fracassou. Os deputados de oposição e situação voltaram a causar tumulto e a decisão acabou adiada, conforme comunicou o presidente da CCJ, Felipe Francischini (PSL-PR).

No auge do bate-boca entre os deputados, a campainha usada pelo presidente para organizar o debate acabou falhando. “Eu peço a colaboração de vocês. A campainha queimou, não tenho nem campainha mais para tentar colocar ordem”, avisou Francischini.

De imediato, o deputado Darcísio Perondi (MDB-RS) respondeu: “Senta que o boi é manso”, em referência a uma conhecida anedota popular.

Recomendado para você