Política

Wagner “dá muita canelada” e pode não ter apoio do partido de Bolsonaro

7086 12

Aliado próximo de Bolsonaro, Fernandes diz que PSL só apoiará nome “100% alinhado” com o presidente (Divulgação)

Presidente do PSL em Fortaleza, o deputado estadual André Fernandes disse nesta quarta-feira, 24, que Capitão Wagner (Pros) pode não ter apoio do partido de Jair Bolsonaro na eleição de 2020 caso continue em rota de colisão com o bolsonarismo no Estado.

Questionado sobre recentes críticas de Wagner à reforma da Previdência, André Fernandes foi direto: “Capitão Wagner é um bom candidato a prefeito de Fortaleza, sim. Infelizmente, está dando muita canelada e, se continuar desse jeito, vamos lançar candidatura própria”, disse.

Ao assumir comando do partido do presidente em Fortaleza, ainda em março deste ano, Fernandes destacou que a sigla deve apoiar candidato “100% alinhado com o presidente Bolsonaro”. “Se não estiver, não vamos apoiar e sim lançar candidatura própria”, reforçou nesta quarta, destacando importância de aprovação da reforma.

“Não é o Bolsonaro que impõe, isso é uma ideia nossa. Precisamos de alguém que vise o futuro do Brasil, e não algum discurso populista”. Wagner, por outro lado, tem priorizado postura de “independência” e feito até críticas ao projeto do governo federal para a Previdência.

Entre outros pontos, o deputado critica opção do governo em separar militares federais (Exército, Marinha, Aeronáutica) de demais corporações militares. “Assim fica difícil defender esse discurso de sacrifício para todo mundo e benefício para poucos”, diz.

Recomendado para você