Política

Pedido de afastamento de Heitor Freire ainda está sob análise, diz PSL

Deputado Heitor Freire é alvo de pedido de afastamento (Foto: Divulgação)

A executiva nacional do PSL informou nesta quarta-feira, 3, que o pedido de afastamento do deputado federal Heitor Freire do comando do partido no Ceará ainda está sob análise.

A assessoria da legenda disse que não há prazo para que o documento seja avaliado.

Freire é alvo de denúncias dos deputados estaduais e correligionários André Fernandes e Delegado Cavalcante, líder do PSL na Assembleia Legislativa.

Na semana passada, os dois parlamentares entraram com a solicitação de destituição de Freire alegando que ele havia ferido o estatuto do partido e o decoro ao designar não filiados para postos de mando da agremiação.

André Fernandes volta a acusar Heitor Freire de mau uso de verba pública

Fernandes e Cavalcante acusam ainda o presidente do PSL de mau uso de recursos públicos ao pagar aluguel de imóvel no valor de R$ 11 mil por mês em endereço onde já funcionou uma loja da família. Enquanto isso, o deputado despachava noutro local, num escritório na Torre Quixadá.

Ao Blog Política, o deputado federal disse acreditar que o pedido de afastamento “será arquivado por falta de provas e elementos concretos”.

Também hoje, a vigência legal da comissão provisória do PSL no Ceará, a cargo de Freire, foi estendida até o fim deste ano.

O prazo de funcionamento da executiva estadual da sigla havia expirado desde o dia 30 de junho.