Política

Deputado do PSL tem casa de câmbio registrada no endereço do seu gabinete

5459 9

Sede do gabinete do deputado federal Heitor Freire (Foto: Alex Gomes)

Deputado federal e presidente do PSL no Ceará, Heitor Freire é proprietário de uma casa de câmbio cuja sede está registrada no mesmo endereço do seu gabinete parlamentar.

A Confidencial Câmbio, nome da empresa fundada em maio do ano passado, a cinco meses das eleições, tem como sede o número 871 da rua Frederico Borges, segundo o Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica.

No local, porém, funciona o escritório parlamentar do deputado.

De acordo com o Banco Central do Brasil, a casa ou corretora de câmbio “atua intermediando operações entre clientes e bancos ou comprando e vendendo moedas estrangeiras de/para seus clientes, diretamente ou através de correspondentes cambiais”.

Segundo a instituição, elas também “podem comprar ou vender moedas estrangeiras de/para outras instituições autorizadas a operar no mercado de câmbio”.

Ontem, o gabinete do pesselista foi arrombado e seus objetos, furtados. De acordo com Freire, foram levados computadores e documentos.

O parlamentar, que estava em Brasília quando do ocorrido, acionou a Polícia Federal para investigar o caso. Até agora ninguém foi preso.

Conforme documento consultado pela reportagem, a situação cadastral da Confidencial Câmbio é ativa. No papel, o endereço de email fornecido é heitor@lumenslight.com.br.

A Lumens Light é uma empresa de luminárias registrada no nome da mãe do deputado federal. Até o início do ano, a companhia também operava no mesmo endereço do gabinete do parlamentar, mas na outra ponta do imóvel, cuja saída dá para a rua Frei Mansueto, nº 1472.

Entre março e maio deste ano, o deputado do PSL gastou R$ 11 mil por mês da cota parlamentar no aluguel do imóvel (R$ 33 mil ao todo).

Enquanto isso, contudo, Freire despachava longe dali, em três salas conjugadas na Torre Quixadá que ele sublocou do escritório de advocacia Viana Peixoto.

Vizinhos ouvidos pela reportagem em junho passado disseram que o imóvel da Frei Mansueto permanecera fechado nos últimos meses, sendo aberto apenas no fim daquele mês, quando Freire deixou as salas na Torre e se mudou.

O POVO procurou o parlamentar. Por meio de assessoria, o presidente do PSL disse apenas que a casa de câmbio tem um CNPJ, “mas a empresa não está em atividade”.

Sobre o arrombamento, o deputado afirmou que já havia sido vítima de outra invasão e roubo depois de assumir o mandato na Câmara.

Sem entrar em detalhes, Freire também falou que vem sofrendo ameaças.