Portugal sem Passaporte

Economia de Portugal vai recuperar mais cedo do que previsto, diz relatório S&P

Dinheiro6Graças às medidas do Governo Portugues e ao ritmo de crescimento das exportações, a economia portuguesa pode crescer mais cedo do que se previa. A conclusão consta de um relatório da agência de rating Standard & Poor’s, divulgado esta segunda-feira.

A Standard & Poor’s considera que o crescimento das exportações é o factor essencial para os países com desequilíbrios financeiros, como Portugal, Espanha e Irlanda. De acordo com um relatório da agência, divulgado hoje, a recuperação económica pode dar-se mais cedo, isto se o investimento das economias externas se mantiver. 

“Os nossos resultados confirmam que as economias europeias da periferia estão a ajustar-se rapidamente em termos externos”, refere o relatório, citado pelo Jornal de Negócios.

Para a S&P, “o mais importante, com a significativa excepção da Grécia, é que são as exportações que estão a liderar este ajustamento, ao mesmo tempo que os custos unitários do trabalho estão a cair para níveis mais competitivos”.

No caso português, as exportações têm aumentado e deverão “representar mais de 40% do PIB no final de 2013”.

De acordo com o relatório, Portugal, Espanha e Irlanda apresentarão “excedentes claros nas contas correntes, permitindo-lhes apresentar mais cedo do que prevíamos uma recuperação do PIB, assumindo que a procura externa o permita”.

A S&P espera um regresso gradual do crescimento a partir de Julho de 2014 e uma taxa anual de progressão do PIB positiva em 2014