Praticando Saúde

Dicas para tornar a ceia em família mais saudável

As festas de fim de ano costumam ser repletas de felicidade, reencontros, brincadeiras, amor e… muita caloria!  A ocasião é repleta de significados e uma excelente oportunidade de reunir a família para confraternizar, mas também pode ser uma chance de despertar nos amigos e familiares a importância do cuidado com a saúde, pensando num futuro de longevidade, bem-estar e celebrações. E que tal começar pela ceia?

Na hora de escolher o cardápio e os ingredientes para a ceia, procure dar mais atenção aos vegetais como frutas e leguminosas. Retire os carboidratos e açúcar refinados, pois só interferem o bom funcionamento do corpo. O médico nutrólogo, André Guanabara, explica que as farinhas refinadas podem causar problemas de hipertensão, aumento dos mucos (catarros) e diabetes, por conta do processo de branqueamento, responsável pela retirada das fibras e outros nutrientes.

Tenha moderação

Troque os petiscos convencionais como queijos gordos, salames e salgadinhos fritos por outros mais saudáveis como oleaginosas (castanhas, avelãs e nozes), frutas desidratadas como damasco, ameixa, maçã e abacaxi, ou chips de mandioca caseiro ao invés de bebidas alcoólicas, dê preferência aos sucos, como o de limão, por exemplo. Outros itens que despertam cuidados são os molhos e farofas, sempre é possível deixá-los mais saudáveis e com menos calorias, optando por exemplo pelo azeite, ervas e farinhas de castanhas. Para os pratos principais o ideal é substituir o arroz branco pelo integral que é rico em fibras e contribui para diversos benefícios ao corpo humano, que desde ao controle do diabetes até a redução da gordura abdominal. Escolher proteínas magras, não esquecer das saladas. Para as sobremesas nada de açúcar refinado, existem muitas opções de doces com ingredientes funcionais e podem ser feitos em casa ou encomendados.

Mas será mesmo um problema “sair da linha” apenas nesse período festivo?  É aí que entra a questão da reeducação. Ou você muda seus hábitos ou cairá na armadilha do efeito sanfona, da hipertensão, do diabetes, da obesidade, disbiose intestinal, e quando menos perceber estará sem qualidade de vida e vivendo um ciclo doentio. Ter saúde envolve esforço e compromisso diários. Um dia de cada vez e logo a recompensa de ter saúde vai te fazer vibrar e entender como vale a pena cada atitude.

>> O que é alimentação saudável?