Radar do Comércio

Brasil: um em cada três adultos ingere frutas em pelo menos cinco dias da semana

Levantamento do IBGE e pesquisa Vigitel apontam baixo consumo de frutas pelos brasileiros. Aproveitar a safra do período para reverter esse cenário é uma das sugestões de especialista

Foto: Pixabay/Silviarita

Fontes de vitaminas, minerais e fibras, entre outros componentes saudáveis ao corpo, as frutas têm baixo consumo no Brasil. Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), referente ao período entre 2008 e 2009 – mais recente da entidade acerca do tema, aponta que aproximadamente 90% da população apresenta baixo consumo desses alimentos.

Pesquisa da Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), realizado em 2016 e publicado em 2017, revela que quase uma década depois a baixa ingestão desses alimentos ainda é uma realidade no País: um em cada três adultos brasileiros consome frutas e hortaliças em pelo menos cinco dias da semana. O estudo revela que esse hábito é maior entre as mulheres (40,7%) e menor entre os homens (28,8%).

Para Ravena Laurindo Mota, nutricionista do Restaurante Sesc RioMar Fortaleza, “o ritmo de vida urbano contemporâneo aliado a um forte apelo da indústria alimentícia associa vantagens como praticidade e informações nutricionais duvidosas a alimentos ricos em gorduras e açúcares e realçadores de sabor”, é um das razões desse cenário. Como uma das soluções para uma possível reversão desse hábito, Ravena defende que a escolha de frutas coordenada com a safra, uma vez que elas tendem a apresentar maior frescor e qualidade, além de um preço mais acessível.

“Políticas públicas que incentivem a população ao hábito de consumo de alimentos saudáveis, como nas escolas, valorizando o que vem da terra, são também fundamentais para que haja uma mudança na cultura do consumo de frutas.”

Mais frutas na alimentação
Possíveis de serem consumidas em qualquer refeição do dia, inclusive como lanches, as frutas apresentam grande diversidade. “O ideal seria consumi-las in natura e de preferência de origem orgânica. Contudo, as frutas podem ser incluídas de diversas formas na nossa alimentação: misturadas com iogurte, na massa de bolos e panquecas, como a panqueca de banana, nas saladas cruas, e em sucos e vitaminas. Neste caso não coá-los, para a preservação de fibras e nutrientes”, explica Ravena.

Outra dica para o consumo de frutas, segundo a nutricionista, é distribuí-las ao longo do dia, em cinco porções – uma no café da manhã, duas como sobremesa do almoço e jantar e mais duas como lanche no intervalo dessas refeições. Ravena, entretanto, alerta que é necessário que haja alguns cuidados com escolha, higienização e armazenamento.

Frutas no cardápio dos restaurantes Sesc-CE
Sobre a inserção de frutas no cardápio cotidiano dos restaurantes Sesc-CE (localizados nos bairros Aldeota, Centro, Presidente Kennedy e Papicu e em Iparana), Ravena conta que, diariamente, três opções de frutas são postas à disposição do público que opta por almoçar em um deles e que rotineiramente acontecem atividades de Educação em Saúde para incentivar o consumo de alimentos saudáveis.

Serviço
Unidade Aldeota
Onde: rua João cordeiro, 933 – Aldeota
Quando: de segunda à sexta-feira, das 11h30 às 14 horas

Unidade Centro
Onde: rua 24 de maio, 692 – Centro
Quando: de segunda à sexta-feira, das 10h50 às 14h; sábado, das 10h50 às 13h

Unidade Fortaleza
Onde: rua Clarindo de Queiroz, 1740 – Centro
Quando: de segunda à sexta-feira, das 11h às 13h30

Unidade RioMar Papicu
Onde: avenida Desembargador Lauro Nogueira, 1500 – Andar L3 –Sala A18 – Papicu
Quando: de segunda a sábado, das 11h às 15h e das 16h às 19h

Unidade RioMar Kennedy
Onde: avenida Sargento Hermínio Sampaio, 3100 – Presidente Kennedy
Quando: de segunda a sábado, das 11h às 15h e das 17h às 20h

Unidade Iparana
Onde: avenida José Alencar, 150 – Praia de Iparana – Caucaia
Quando: de segunda a domingo, das 7h à 10h; das 12h às 14h; das 18h às 20h (hóspedes)/de quarta à sexta-feira, das 11 às 13h30; sábado e domingo

Recomendado para você