Radar do Comércio

Programação promove diálogos e reflexões sobre Diversidade Sexual e Cidadania em Fortaleza

A ação, que está em sua quarta edição,  tem início nesta terça, 8, e segue até o próximo dia 17

Foto:  divulgação

Último levantamento publicizado sobre homofobia aponta que, em uma década, houve crescimento de mais de 200% do número de mortes em meio à população LGBT’s. Segundo esse estudo, realizado pelo Grupo Gay da Bahia (GGB) – entidade que soma 38 anos de trajetória, cerca de 450 pessoas do grupo, composto por lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, foram vítimas de violência em 2017 – em 2007, pouco mais de 140 casos foram identificados. Ações como o IV Diálogos Sesc sobre Diversidade Sexual e Cidadania, que tem início nesta terça, 8, e segue até o próximo dia 17, são iniciativas que se valem do debate para ser instrumento de mudança desse cenário de intolerância de gênero que vem alastrando-se no Brasil.

“Um evento como esse passa a ser uma espécie de catalizador de várias temáticas, especialmente pelo fato de, com ele, abrirmos um diálogo em espaços em que não há debate ou que ele deixe a desejar, que são as comunidades periféricas. Esperamos que, por meio de pessoas com expertise, a gente consiga falar sobre essas questões sociais de uma maneira encorpada”, explica o analista assistencial Sesc em Fortaleza, Alex Araújo.
Em sua quarta edição, a iniciativa promovida pelo Serviço Social do Comércio Ceará (Sesc-CE), a partir do setor de Desenvolvimento Comunitário se comemora o Dia Internacional de Combate à Homofobia, rodas de conversa, shows, performances e videodebates. A programação, que segue completa abaixo, acontece entre 8 e 17 deste mês no Teatro Sesc Emiliano Queiroz e nos demais dias em diversos bairros de Fortaleza.

A programação conta com o primeiro Seminário Diálogos Sesc Sobre Diversidade Sexual e Cidadania, entre os dias 15 e 17 de maio. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelos telefones 34529081, 34529082 e 3452.9094.
Durante os três dias do Seminário, serão recebidas doações de produtos de higiene, limpeza e alimentos para o Abrigo Thadeu Nascimento, primeiro do Brasil no acolhimento de pessoas trans em situação de vulnerabilidade.

Programação
Conduzidos por educadores sociais, militantes, ativistas, pesquisadores de gênero e estruturas do Poder Público, os debates têm como ponto de reflexão violências simbólicas e concretas no cotidiano das pessoas LGBTs para, a partir dele, empoderá-las. O Diálogos Sesc Sobre Diversidade Sexual e Cidadania terá também performances de artistas drag queens, show Drag’s Disco Soul, apresentação do Afoxé Omõrisá Odé e Cine Debate sobre homofobia em escolas.

Analista assistencial do setor de Desenvolvimento Comunitário do Sesc em Fortaleza, Alex Araújo descreve que a programação, que traz aproximadamente 30 atividades, foi construída coletivamente junto a atores sociais, a partir de encontros com diversos públicos. Ele pontua que essa área, existente a mais de dez anos, tem como foco trabalhar a conscientização cidadã, sobretudo quanto às diferenças, junto aos moradores de bairros periféricos da Capital. “Nosso setor sempre pensa ações e projeto nesses espaços onde, geralmente, os debates não chegam ou chegam distorcidos”, enfatiza.

Serviço
Diálogos Sesc Sobre Diversidade Sexual e Cidadania
Data: 8 a 11 e 15 a 17 de maio
Inscrições Seminário: Setor de Desenvolvimento Comunitário Unidade Fortaleza do Sesc pelos telefones: 34529081 / 9082 / 9094

Programação
8 de maio (as quatro atividades abaixo acontecem no Teatro Sesc Emiliano Queiroz (Av. Duque de Caxias, 1701 – Centro)
*18 horas – Evento de abertura
Mediação: Labelle Rainbow, travesti e conselheira Municipal LGBT, coordenadora do For Rainbow, Festival de Cinema e Cultura da Diversidade Sexual
*18h20 – Debate: Vulnerabilidades nas vivências TRANS: vencendo os conflitos
Mediação: Kaio Lemos, homem trans, ativista e diretor do Abrigo Thadeu Nascimento
*18h40 – Roda de conversa sobre acesso aos direitos da população LGBTs
Mediação: Sandra Moura de Sá, defensora pública do Estado do Ceará, supervisora do Núcleo de Direitos Humanos e Ações Coletivas (NDHAC)
*19 horas – espetáculo Lágrimas Secas do Sertão
Mediação: Cia No Salto

9 de maio
*9 horas – Debate: Diversidade e Direito a Cidade
Mediação: Dediane Souza, travesti, ativista e militante LGBT
Onde: Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do bairro João XXIII (rua Visconde de Cauipe, 200 – João XXIII)
*14 horas – Roda de Conversa: Masculinidades Positivas: a (des)construção de masculinidades possíveis
Mediação: Kaio Lemos, homem trans, ativista e diretor do Abrigo Thadeu Nascimento, onde pessoas trans em situação de vulnerabilidade são acolhidas
Onde: Instituto Doutor Rocha Lima de Proteção e Assistência à Infância (rua Eretides Martins, 977 – São Gerardo)

10 de maio
*8h30 – Roda de conversa sobre Direitos Sexuais e Reprodutivos no combate à homofobia
Mediação: Lidiane Dantas, educadora em Saúde
Onde: Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social (JCPM) – Shopping Riomar Fortaleza (rua Desembargador Lauro Nogueira, 1500 – Papicu)
*14 horas – Diálogos Contemporâneos sobre Diversidade Sexual e Cidadania
Mediação: Alex Araújo, educador e analista assistencial do Sesc Fortaleza
Onde: Escola Tiradentes (Rua Vera Cruz, 1645 – Parque Potira, Caucaia)

11 de maio
*9 horas – Oficina de filtro dos sonhos da diversidade
Mediação: Sara Mendes, artesã participante do projeto Rede de Artesãos Sesc
Onde: Abrigo Thadeu Nascimento (rua Jaime Benévolo, 922 – José Bonifácio)
*14 horas – Roda de conversa sobre lesbofobia e questões do cotidiano
Mediação: Marilia Oliveira, mestranda em Comunicação na Universidade Federal do Ceará (UFC), fotógrafa, professora e pesquisadora da imagem e da palavra para composição de autobiografias
Onde: Projeto Guadalajara (rua Sacy, 1049-B – Parque Guadalajara, Caucaia)
15 de maio (as seis atividades descritas abaixo acontecem no Teatro Sesc Emiliano Queiroz (Av. Duque de Caxias, 1701 – Centro)
*8h30min – Abertura do Seminário Diálogos sobre Diversidade Sexual e Cidadania
Mediação: Amanda Felix e Lauana Amora Leal, travestis, ativistas e militantes LGBT
*9 horas – Debate: Vulnerabilidades nas vivências trans: vencendo os conflitos
Mediação: Kaio Lemos, homem trans, ativista e diretor do Abrigo Thadeu Nascimento
*9h20 – Integração comunitária com Epitáfia Farias Mediação: Jhonatan Carneiro, ator, performer e drag queen

*9h40 – Cinedebate: Homofobia e Escola
Mediação: Lucas Lins e Aglailton Bezerra, criadores do canal Do Nosso Lado no Youtube e de página homônima no Facebook
*14 horas – Integração Comunitária com Xicca Queen
Mediação: Valdeir Silva, performer e drag queen
*14h30 – Roda de conversa sobre saúde mental da população LGBT
Mediação: Marília Barreira, doutoranda em Psicologia na Universidade de Fortaleza (Unifor), estudiosa de ciberativismo LGBT no Youtube, identidade social e homofobia internalizada
*17 horas – Show Drag’s Disco Soul
Mediação: Beatrice Papillon e Pepita York, atrizes, cantoras, performers e drag queens
Onde: Área de convivência da Unidade Sesc Fortaleza (Rua Clarindo de Queiroz, 1740, Centro)

16 de maio
*9 horas – Integração Comunitária com Tatihari Cômica
Mediação: Tatihari Cômica, ator, performer e drag queen
Onde: Teatro Sesc Emiliano Queiroz (Av. Duque de Caxias, 1701 – Centro)
*9h30 – Debate: Diversidade sexual na velhice
Mediação: Kelly Menezes, doutora em Educação pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Investiga as áreas de velhice, corpo, gênero e educação
Onde: Teatro Sesc Emiliano Queiroz (Av. Duque de Caxias, 1701 – Centro)
*14 horas – Integração Comunitária com Karolaynne Carton
Mediação: Ítalo Lopes, ator, performer e drag queen
Onde: Teatro Sesc Emiliano Queiroz (Av. Duque de Caxias, 1701 – Centro)
*14h30 – Roda de Conversa sobre transfeminismo na contemporaneidade
Mediação: Ana Flávia e Fran Costa, ativistas e membros do Abrigo Thadeu Nascimento
Onde: Teatro Sesc Emiliano Queiroz (Av. Duque de Caxias, 1701 – Centro)
*17 horas – Integração comunitária com Afoxé Omõrisá Odé
Mediação: Afoxé Omõrisá Odé
Onde: Área de convivência da Unidade Sesc Fortaleza (Rua Clarindo de Queiroz, 1740 – Centro)

17 de maio
*9 horas – Integração comunitária com Patrícia Dawson
Mediação: Patrícia Dawson, mulher trans, atriz do Coletivo Artístico As Travestidas e performer
Onde: Teatro Sesc Emiliano Queiroz (Av. Duque de Caxias, nº 1701 – Centro)
*9h30 – Vídeodebate: Genocídio da população negra LGBT
Mediação: Sudário Mesquita, ativista, militante do movimento negro/LGBT
Onde: Teatro Sesc Emiliano Queiroz (Av. Duque de Caxias, 1701 – Centro)
*14 horas – Integração comunitária com Rayanna Rayovack
Mediação: Dan Vieira, ator, performer e drag queen
Onde: Teatro Sesc Emiliano Queiroz (Av. Duque de Caxias, 1701 – Centro)
*14h30 – Roda de Conversa sobre Teoria Queer e suas nuancehs
Mediação: Thomas Saunders (Ginger), ator, performer, drag Queen, mestre em Comunicação pela UFC e pesquisador na área de gênero,arte, corpo; identidades LGBTQI+ (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transvestigêneros, Queers, Intersexuais e outros)
Onde: Teatro Sesc Emiliano Queiroz (Av. Duque de Caxias, 1701 – Centro)

Recomendado para você