Radar do Comércio

V Semana Sesc de Promoção da Igualdade Racial

As apresentações que compõem a programação foram escolhidas coletivamente com a ajuda de movimentos sociais. (Foto: Divulgação/Sesc/Ce)

A iniciativa busca debater o futuro com perspectiva de um País com índice menor de preconceito e discriminação por conta da cor da pele

A Semana Sesc de Promoção da Igualdade Racial chega a sua 5ª edição. Viabilizando o debate e trazendo reflexões acerca dos direitos da população negra em Fortaleza, o evento, que acontece dos dias 20 a 22 de novembro, é promovido pelo Serviço Social do Comércio do Ceará (Sesc/CE).

De acordo com Álex Araújo da Silva, pedagogo especialista em Gestão e Coordenação e Analista Assistencial do Sesc, essa iniciativa também é um momento de ver os espaços alcançados pelos negros no Estado. Além de pautar a visibilidade e valorização da articulação, mobilização e disseminação das tradições, sociabilidades e culturas da população negra na Capital alencarina, buscando fortalecer as expressões e impressões de matrizes africanas e pensar no futuro, com perspectiva de um País com índice menor de preconceito e discriminação por conta da cor da pele.

“O Sesc, como grande propositor de temáticas para a sociedade, se apresenta como um catalisador de ideias e proposições importantes para serem colocadas em vivências comunitárias, oficinas, rodas de diálogo e usando a ludicidade proporcionada por apresentações artístico-culturais”, explica o pedagogo.

A V Semana Sesc de Promoção da Igualdade Racial conta com uma programação das mais diversas e lúdicas, com oficinas, vivências e apresentações que remetem a população negra e que permeiam as ancestralidades da origem brasileira. De acordo com Araújo, a escolha das ações foi feita coletivamente com a ajuda de movimentos sociais como, Coletivo Afroraízes, RENAFRO, Cia Bate Palmas, entidade parceira; Associação Abraço Amigo e o Desenvolvimento Comunitário e Cultura da Unidade Sesc Fortaleza.

Quem for ao evento, poderá apreciar a apresentação de Afoxé, oficina de turbante, exposição de artesanato, apresentação de capoeira, contação de histórias, apresentação de Maracatu, oficina de pintura em tecido, degustação de vatapá e muitas outras atrações.

Segundo Álex Araújo, o resultado desse evento é significativo, como depoimentos de aceitação de suas peles, resgates de suas ancestralidades, maior receptividade com os cabelos afros e desmistificação dos rituais de origem africana. “Percebemos ao longo dos anos que a cada edição várias sementes são plantadas por todos os espaços tocados pelo Sesc com a proposta da Semana”, observou.

Também como fruto dessa iniciativa, Elayne Sousa, Técnica de Assistência do Sesc, destaca que neste ano, nasce o Projeto Ancestralidades: Promovendo Igualdade Racial nas Comunidades, que visa contribuir para o reconhecimento das identidades, expressões lúdicas e ancestralidades da população negra nas comunidades de Fortaleza e Região Metropolitana. “O projeto valoriza as ancestralidades dos povos afrodiaspóricos, possibilitando ações que promovam o empoderamento da juventude em relação às suas identidades, fortalecendo os vínculos comunitários por meio de oficinas, rodas de diálogo e apresentações artísticas, tendo sua primeira edição em 2019”, explicou.

Feira Preta Sesc
Sobre as principais discussões levantadas nessa edição, Kassia Oliveira, estagiária de Pedagogia do Sesc e participante do movimento negro, destaca a economia, tendo em vista as possibilidades de geração de renda, a partir daquilo que remete as origens e realidades vivenciadas, sendo este ano marcado com a primeira edição da Feira Preta Sesc, envolvendo a Unidade Fortaleza em toda a ancestralidade que remete a cultura afrodiaspórica.

“Convidamos toda a sociedade e as organizações sociais parceiras do Desenvolvimento Comunitário por meio da Rede de Articulação Comunitária Sesc – RACS a se fazerem presentes nessa grande ciranda de empatia, solidariedade e união, na proposta de que todos somos iguais perante nossas diferenças e percebendo que devemos estar conectadas e conectados uns com os outros nessa grande rede de compartilhamento de saberes, pertencimento e empoderamento social”, ressaltou Kassia.

Serviço
V Semana Sesc de Promoção da Igualdade Racial
Onde: Unidade Sesc Fortaleza – Rua Clarindo de Queiroz, 1740 – Centro
Quando: de 20 a 22 de novembro das 16 horas às 20 horas
Inscrições gratuitas, realizadas no local até esgotar as vagas

Mais informações
0800 275 5250

Recomendado para você