Repórter Entre Linhas

Cearense Guabiras vence o Prêmio Angelo Agostini, uma das mais tradicionais premiações de quadrinhos no Brasil

789 2
Charge publicada no O POVO Online, nesta quarta-feira, 17

Charge publicada no O POVO Online, nesta quarta-feira, 17

O cartunista cearense Carlos Henrique Santos da Costa ou, simplesmente, Guabiras, como assina seus trabalhos, venceu a 33ª edição do Prêmio Angelo Agostini. Organizada pela Associação dos Quadrinhistas e Caricaturistas do Estado de São Paulo (AQC – ESP), a premiação é uma das mais importantes para realizadores de histórias em quadrinhos no Brasil.

Guabiras venceu na categoria Melhor Cartunista. Há 19 anos, ele trabalha como cartunista e chargista do Jornal O POVO, em Fortaleza. Em 2015, venceu o prêmio Esso na categoria Criação Gráfica junto com o Núcleo de Imagem do Jornal O POVO.

Guabiras, cartunista e ilustrador do jornal O POVO (Foto: Fábio Lima/O POVO)

Guabiras, cartunista e ilustrador do jornal O POVO (Foto: Fábio Lima/O POVO)

Conhecido pela afinidade de suas obras com a cultura-pop, Guabiras já tem mais de 4 mil tirinhas arquivadas e mais de 50 títulos de fanzine produzidos. Sua produção está distribuída em revistas como a MAD, de São Paulo, e Tarja Preta, do Rio de Janeiro, além de uma série de quatro tirinhas publicada no jornal norte-americano Extra.

A cerimônia de entrega do 33º Prêmio Angelo Agostini será no próximo dia 28, a partir das 13 horas, no Auditório da Biblioteca do Memorial da América Latina, em São Paulo.

Veja a lista completa dos premiados:

Melhor Desenhista – Mary Cagnin
Melhor Roteirista – Alex Mir (“Segundo Tempo”, da Editora Draco)
Melhor Desenhista – Mariana Cagnin (“Black Silence”)
Melhor Cartunista – Carlos Henrique Guabiras (Jornal O POVO)
Melhor Lançamento – “Spectrus – Paralisia do Sono”, de Thiago Spyked
Melhor Lançamento Independente – “Protocolo: A Ordem” (Diversos autores)
Melhor Web Quadrinho – “Marco e Seus Amigos”, de Tako X e Alessandra Freitas
Melhor Fanzine – “Café Ilustrado” (Thina Curtis e Fabi Menassi)
Prêmio Jayme Cortez – Ivan Freitas da Costa (Chiaroscuro Studios)
Mestres do Quadrinho Nacional – Arthur Garcia, Gualberto Costa, Sérgio Graciano (MSP) e Sidney L. Salustre (MSP)

Recomendado para você