Repórter Entre Linhas

Cine Ceará: pré-estreia de “Corpo Elétrico” é um dos destaques deste domingo

Corpo Elétrico“, dirigido por Marcelo Caetano, estreia nos cinemas no próximo dia 17. Antes, mais exatamente neste domingo, 6, o filme ganha pré-estreia dentro da programação do 27º Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema. Realizada pela Associação Cearense de Críticos de Cinema (Aceccine), a sessão especial seguida de debate com o cineasta ocorre no Cinema do Dragão, às 14h30min. Entrada gratuita.

O longa, o primeiro da carreira de Marcelo Caetano, se debruça sobre a narrativa de Elias (Kelner Macêdo), um jovem de 23 anos, nordestino e gay que descobre as possibilidades de uma noite de início de verão. É sob a ótica do personagem que o roteiro, que Caetano divide com Gabriel Domingues e Hilton Lacerda (do filme “Tatuagem“), questiona lugares socialmente estabelecidos para as minorias.

“É um romance de formação”, define o cineasta. “Elias chega na fase adulta com muita dificuldade em balancear o mundo dos prazeres e o mundo do trabalho. Ele apresenta resistência a viver determinados conflitos por não acreditar no valor que o sucesso profissional e a felicidade conjugal tem em nossa sociedade”. Ainda conforme o diretor, o protagonista busca uma “virada afetiva”. “Neste sentido, amo filmar os encontros. E os amo quanto mais improváveis eles são”, destaca. “Talvez essa seja a faceta política mais proeminente do filme, resistir a intolerância construindo elos entre pessoas socialmente distantes. Não os julgar. Nunca os julgar”.

O filme já passou pelo Festival de Rotterdam, na Holanda, e do Festival de Guadalajara, no México, onde recebeu o Prêmio Maguey. Caetano já traz no currículo os premiados curtas-metragens “Na Sua Companhia” (2011) e “Verona” (2013).

Presidente da Aceccine e curador da sessão especial, Diego Benevides justifica a escolha do longa pelo “olhar de compreender a importância do cinema autoral”, que tem Caetano como um dos principais representantes. “Ele faz parte de uma geração inquieta e que produz filmes que provocam, além do fato do filme já ter sido exibido em festivais internacionais importantes, como Rotterdam”, explica.

“Contamos com o apoio do Cine Ceará para trazer o Marcelo e com o apoio da Vitrine Filmes que foi generosa ao liberar o filme acreditando no apelo que o filme vai ter junto com o público e com a imprensa que estarão aqui no Festival”, destaca Diego. “A gente tá muito feliz de abrir essa sessão com um filme que fala sobre diversidade, identidade e o lugar das ditas minorias dentro da sociedade, como elas vivem em harmonia. É um filme que tem uma narrativa muito fluida, um pouco fora do tradicional. Mas que tem uma força muito grande como linguagem, como experimento”.

Ainda de acordo com o presidente da Aceccine, outras sessões especiais devem ocorrer em Fortaleza. A distribuição dos ingressos começa, no domingo, às 13h30. Cada pessoa pode pegar até dois ingressos.

+ Confira mais destalhes do Cine Ceará no especial publicado pelo O POVO Online

Serviço

Sessão especial do filme “Corpo Elétrico” e debate com o cineasta Marcelo Caetano
Domingo, dia 6, às 14h30min
Entrega dos ingressos a partir das 13h30min
Entrada gratuita

Recomendado para você