Repórter Entre Linhas

Resgate em caverna na Tailândia vai virar filme pela produtora de “Deus Não Está Morto”

1070 1

(Foto: AFP / Royal Thai Navy)

Terminou na manhã desta terça-feira, 10, o resgate dos 12 meninos e técnico que estavam presos em caverna na Tailândia. A ação poderá virar filme pela mesma produtora de “Deus Não Está Morto” (2014).

Os estadunidenses Michael Scott e Adam Smith, que planejam o filme, viajaram para Chiang Rai para a acompanhar o resgate que durou três dias. “Haverá outras empresas de produção chegando, por isso temos que agir muito rapidamente”, disse Smith, sócio-diretor da produtora cristã de cinema Pure Flix.

O portal norte-americano News diz que os produtores fizeram várias entrevistas preliminares durante o processo de resgate. “Eu vejo isso como um grande filme de Hollywood com os maiores astros do Cinema”, disse Scott à agência AAP.

O time de futebol Wild Boars (Javalis Selvagens) passou nove dias na caverna ante de serem localizados pela equipe de mergulhadores no último dia 2. A decisão em começar o resgate no último domingo, 8, partiu após as autoridades identificarem ameaça de chuva e a redução de oxigênio no local onde o grupo estava.

Recomendado para você