Respirando Música

Gigantes do Samba: Raça Negra e Só Pra Contrariar

Com o objetivo de unir a música popular brasileira em um único palco, os dois gigantes Raça Negra e Só Pra Contrariar se encontrarão para presentear o público com as canções que marcaram gerações. O palco para esse show em Fortaleza será o Mucuripe Club, no sábado dia 15 de novembro.

A ideia do encontro musical surgiu dos líderes das duas bandas, Alexandre Pires e Luiz Carlos, mas por incompatibilidade de tempo não tinham, ainda, conseguido viabilizar o projeto. Entretanto, o momento chegou e o projeto ganhou um nome que representa as respectivas histórias dos grupos.
“Gigantes do Samba” apresenta Raça Negra e Só Pra Contrariar dividindo o palco, ao mesmo tempo (para nossa alegria!). E nós conseguimos um bate-papo pra saber um pouco mais desses lindos!

RAÇA NEGRA 
Há 30 anos, mais especificamente em 1984, Luiz Carlos (vocalista) e seus companheiros, Fabinho César (pandeiro e violão), Fernando (tantan), Fininho (bateria), revolucionaram a música popular brasileira. Transformando “batucadas” casuais num fenômeno que invadiu as rádios e os meios de comunicação, criaram o romantismo “suingado”. Muitos sucessos que compõem a trilha sonora de nossas muitas vidas.

RM: Mais de 30 anos de estrada… Qual o segredo para se manter tantos anos fazendo sucesso? (pergunta por um super fã – Joares)
Luiz Carlos: Amamos o que fazemos, que é levar alegria aos nossos fãs através das nossas canções, isso nos fortalece a cada dia a nunca parar…kk

RM: Vocês tem um carinho especial por Fortaleza, né? Luiz Carlos até já disse que um dia viria morar aqui. Manda um recadinho pra galera que vai ver o show de vocês!
Luiz Carlos: Quero agradecer a todos os Fortalezenses que sempre nos receberam de braços abertos e com muito carinho e dizer que estaremos esperando por todos para festejarem conosco nesta grande festa!

 

SÓ PRA CONTRARIAR
Com o vocal de Alexandre Pires, Fernando Pires (bateria), Juliano (percussão), Serginho (teclado), Luisinho (contra-baixo), Hamilton ( sax), Alexandre Popó (surdo) e Luiz Fernando (pandeiro), o grupo segue um legado de sucessos misturando samba com instrumentos pop. A banda mineira marcou a história da música com canções românticas e sambas alegres.

RM: Como surgiu a ideia de fazer a CD/DVD dos 25 anos de carreira do SPC? 
Alexandre Pires: A ideia inicial era nos reunirmos para uma turnê em comemoração aos 25 anos do grupo. O registro em DVD acabou sendo uma consequência disso.

RM: Pra vocês, qual a diferença do pagode dos anos 90 para o pagode de hoje?
Alexandre Pires: Acredito que uma das principais diferenças seja a quantidade de influências que o pagode de hoje traz, como por exemplo da música sertaneja, do rap… Tudo isso é muito bacana. Eu vejo de maneira positiva.

RM: “Gigantes do Samba” é um projeto junto com a banda Raça Negra. Qual a relação do SPC com eles?
Alexandre Pires: Em primeiro lugar sempre fomos fãs do Raça Negra, tanto que nós já tocávamos músicas da banda não só na turnê de 25 anos, mas em turnês anteriores também. E além dessa relação de admiração, surgiu também uma amizade muito bacana.

 

CLARO que nós estaremos lá, só no didididiê. 😀
E vocês?  

 

Gigantes do Samba: Raça Negra e Só Pra Contrariar
Data: 15 de novembro
Local: Mucuripe Club
Realização: Arte Produções e Social Music
Informações: 85 3033-1001

Recomendado para você