Sincronicidade

NATAL SEM FOME DOS SONHOS

A “Ação da cidadania contra a fome, a miséria e pela vida”, idealizada pelo sociólogo Herbert de Souza, o Betinho, teve, desde o início, a fome como foco de discussão e intervenção, através da Campanha Natal sem Fome, realizada pela primeira vez em 1993.

A mobilização da sociedade civil em denunciar a calamidade da fome em nosso país, seja através da arrecadação de alimentos, seja em comitês de ação, alcançou espaço na pauta das políticas públicas. A instituição do programa Bolsa Família bem como o sancionamento da Política Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, com vistas à articulação do Sistema Único de Segurança Alimentar e Nutricional, são exemplos de ações visando minorar o problema crônico da fome no Brasil.

Em vista da inserção da questão da fome na agenda de discussões políticas, a Ação da Cidadania decidiu mudar, em 2006, o foco da campanha que vinha realizando há treze anos. Assim, a campanha “Natal sem Fome” passou a se denominar “Natal sem Fome dos Sonhos”. Ao invés de arrecadar alimentos, passaram a ser  arrecadados brinquedos e livros infanto-juvenis, pois, conforme o lema adotado pela campanha, “criança é para brincar, estudar e sonhar”.

O objetivo da arrecadação está assim explicado no site da Ação da Cidadania contra a fome, a miséria e pela vida: “Os brinquedos arrecadados são doados às crianças dos bolsões de pobreza onde atuam os comitês da Ação da Cidadania, representando o resgate ao direito de sonhar com uma vida melhor. Os livros, instrumentos de acesso à educação, dão origem aos Espaços de Leitura: espaços comunitários, organizados pelas lideranças da Ação da Cidadania nas periferias de 12 estados brasileiros, que promovem atividades de incentivo à leitura e a identificação de analfabetos funcionais”. 

No Estado do Ceará, a campanha é coordenada pelo Instituto Nordeste Cidadania. Para facilitar a arrecadação de livros e brinquedos, o INC conta com o apoio de vários estabelecimentos públicos e privados onde funcionam postos de coleta, nos quais os interessados poderão entregar suas doações.

Num país tão carente de incentivos à leitura e à cultura em geral, é louvável e digna do maior reconhecimento e apoio uma campanha desta natureza. Um livro ou um brinquedo que estão há muito encostados em sua casa podem fazer a alegria de uma criança neste natal. Listamos, a seguir, alguns dos postos de coleta com os respectivos endereços e telefones:

– Instituto Nordeste Cidadania.  Av. Pedro Ramalho, nº 5455 – castelão – Tel: 32099234/87300713

– Tribunal Regional Eleitoral do Ceará. (Seção de Biblioteca e Memória Eleitoral). Rua Jaime Benévolo, nº 21 – Centro – Tel: 33883655

– Justiça Federal. Praça Murilo Borges, s/n – Centro – Tel: 35212500

– Academia Progresso. Rua São Paulo, nº 1437 – Centro

– Editora Premius. Rua Conrado Cabral, nº 380 – Monte Castelo – Tel: 33833562

– Casablanca Turismo. Rua Osvaldo Cruz, nº 2040 – Tel: 34666010

– Biblioteca Pública. Rua Pres. Getúlio Vargas, nº 635 – Centro –  Tel: 33428049 – Caucaia

A lista completa dos postos de coleta, bem como outras informações sobre a campanha podem ser obtidas nos sites: http://www.acaodacidadania.com.br/  e  http://www.inec.org.br/