Sincronicidade

Maria, a Grande Mãe que vai à frente defendendo seus filhos

E lá continuávamos nós novamente na batalha, mais renovados e mais felizes, pois sabíamos que não estávamos sós. E assim, com o tempo, acabamos por aprender com a Mãe muitas coisas… Entre elas foi dizer algo muito especial: – “Maria, passa na frente!” Quando fazíamos isto, as batalhas eram vencidas, as portas trancadas se abriam, as pessoas certas surgiam no caminho para nos ajudar, os corações endurecidos à nossa frente amoleciam, o demônio corria embora, a coragem retornava! Não importava o que tínhamos a fazer, orávamos e dizíamos: “Maria, passa na frente!” porque Ela nos mostrou o poder extraordinário que há nesse pedido! É como achar a chave certa para a fechadura de uma porta trancada e ouvir o clique do abrir.

Denis e Suzel Bourgerie

[Bourgerie, Suzel e Denis.  Maria, Passa na Frente! 37ª. ed. Campinas, SP: Edições Logos, s/d,    p. 5.]

Há não muito tempo tive oportunidade de assistir na televisão uma entrevista com uma pessoa que falava de sua experiência com a afirmação “Maria, passa na frente”. Recordo que a entrevistada – ou o entrevistado, pois não me recordo mais se se tratava de um homem ou mulher -, relatava as ocasiões extraordinárias em que se safara de situações as mais difíceis através da repetição dessa frase. Depois disso, resolvi fazer minha própria experiência, e confesso que não foram poucas as vezes em que, ante situações em que me senti impotente para solucionar, não tive dúvidas em recorrer ao sortilégio de repetir mentalmente a frase “Maria, passa na frente”, com a absoluta convicção de que a partir daquele momento Nossa Senhora, de fato, passava à frente cuidando da situação. Os resultados sempre foram maravilhosos e, em alguns casos, surpreendentes.

Dra. Suzel Bourgerie e Denis Bourgerie

Contando já com essa experiência, eu não poderia deixar de sentir grande alegria quando, há pouco mais de um mês, entrando na livraria Ave-Maria deparei na prateleira com um livro que tinha como título exatamente a frase que, de tão repetida, já se tornou para mim um mantra. Também me causou impressão a bela capa, que traz estampada a fotografia de uma imagem muito graciosa de Nossa Senhora.

O livro foi escrito pelo ex-piloto de avião Denis Bourgerie e sua esposa, a médica Suzel Frem Bourgerie. Nele o casal relata, de forma envolvente, diversas situações solucionadas de forma quase miraculosa pela simples repetição da frase Maria, passa na frente. Um dos episódios mais curiosos, cuja leitura constitui verdadeiro deleite, é o da saga da aquisição e transporte para o Brasil da estátua de Nossa Senhora da Paz. Essa estátua ocupa hoje lugar de destaque no Santuário de Maria Porta do Céu. Esse santuário foi fundado pelo casal Bourgerie, no município de Campinas, em São Paulo, já tendo se constituído local de inúmeras romarias.

Aos leitores interessados em obter maiores informações sobre o santuário e as atividades desenvolvidas por este que já se tornou um centro de irradiação e propagação da mariologia, poderão acessar o respectivo site no seguinte endereço: http://www.mariadesatadoradosnos.com.br/santuario/

Para concluir, deixo aos leitores a oração apresentada por Denis Bourgerie na página 11 de “Maria, passa na frente”:

Mãe, passa à minha frente neste momento em que não vejo nada, quando parece não haver luz no túnel, no momento da dúvida, do medo, na hora de tomar a decisão certa ou quando tudo parece contrário a mim. Eu te dou permissão de resolver por mim o que sou incapaz de fazê-lo. Passa na frente e cuida das dificuldades que vou precisar enfrentar e do que não está ao meu alcance de ver. Tu tens o poder para isso.

Maria passa na minha  frente quando falo com meus filhos, quando me dirijo ao meu esposo(a).

Passa na frente quando vou ao trabalho, quando conduzo o carro.

Passa na frente quando tiver que receber uma notícia, quando o médico for me dar o diagnóstico de alguma doença, ou quando tiver que fazer uma cirurgia.

Defende-me, protege-me, cuida de mim.

Passa na frente Mãe, toca e aquece com seu amor materno os corações endurecidos que eu vou encontrar no caminho, pois tu és o Astro que anuncia o Sol e contigo ninguém fica sem sentir o seu calor.

Obrigado, Mãe Amada, sem a qual não haveria vitória. Maria, coragem invencível dos atletas de Cristo, coluna de fogo que nos conduz na noite, Aurora da Boa Nova, passa hoje e sempre na minha frente. Amém!