Slice

Número 1 do Brasil na temporada, Monteiro é campeão em Aix en Provence

Thiago Monteiro é campeão em Aix en Provence, na França. Foto: Reprodução/Facebook

Thiago Monteiro é campeão em Aix en Provence, na França. Foto: Reprodução/Facebook

O cearense Thiago Monteiro mais uma vez fez história. Na manhã deste domingo, 8, o tenista venceu o argentino Carlos Berlocq, de virada por 4/6, 6/4 e 6/1, e faturou seu primeiro título a nível Challenger na carreira. O resultado expressivo do brasileiro no saibro francês lhe rendeu 110 pontos no ranking da ATP. Nesta segunda-feira, 9, o cearense, que lidera o ranking do Brasil na atual temporada, deverá figurar entre os 150 melhores do mundo – é o melhor posicionamento do fortalezense no circuito internacional.

O próximo desafio de Thiago é no complicado Challenger de Bourdeaux, onde todos os cabeças de chave são top 100. O atleta do Ceará já conheceu seu primeiro adversário na estreia do torneio: o francês Adrian Mannarino, número 80 do mundo.

Jogo

Thiago começou a primeira final da carreira forte e consistente, sem se mostrar pressionado dentro de quadra. Com a torcida a seu favor, uma das esperanças do tênis nacional chegou a abrir 4-1 no início do set. Um apagão inesperado do cearense acabou deixando o experiente argentino vencer cinco games consecutivos e vencer a parcial por 6/4.

No segundo set, o jogo continuou duríssimo com apenas uma quebra, dessa vez para Thiago que soube aproveitar as oportunidades pressionando o backhand do argentino. Estratégia que surtiu efeito e Monteiro devolveu a derrota do primeiro set cravando 6/4.

Thiago voltou para o terceiro e decisivo set ainda mais focado. Forte mentalmente, o brasileiro – apesar de sofrer uma quebra logo no primeiro game – permaneceu no jogo e devolveu logo na sequência. O bom momento do cearense no jogo, aplicando bons saques, dropshots e passadas na cruzada, Thiago abriu 4-1, assim como no primeiro set. Malandro, o argentino pediu tempo médico – assim como usou a estratégia no torneio inteiro – para esfriar o jogo. A catimba não deu resultado e o cearense fechou o jogo em 6/1.

O ano de Thiago

Com 342 pontos conquistados apenas na atual temporada, Monteiro deixa Thomaz Bellucci para trás e assume a liderança do País no ranking mundial de tenistas profissionais na temporada 2016. Se Thiago manter o mesmo ritmo do início do ano, deverá fechar 2016 entre os 100 melhores tenistas do mundo. Na nova condição, poderá jogar torneios de maior relevância – e consequentemente de maior pontuação.

Thiago Monteiro é jovem e com pouco tempo de estrada, ainda com muito a evoluir. Mas se mostra talentoso e forte mentalmente. A prova disso foram as vitórias sobre Jo-Wilfried Tsonga e Nicolas Almagro nos ATPs do Brasil (no Rio de Janeiro e em São Paulo, respectivamente). Sem contar as outras três semifinais de Challenger desde o início do ano. O momento na carreira é singular.

Recomendado para você