Vai, forrozão

Aos 81 anos, morre o cantor e sanfoneiro Zé de Manu

Zé de Manu - Morreu - Fortaleza - Cedro

Zé de Manu (Foto: Arquivo Pessoal)

O sanfoneiro e cantor José Tomás Sobrinho, conhecido como Zé de Manu, faleceu aos 81 anos no último sábado, 10. O músico estava internado desde janeiro passado, para tratar de diabetes e uma infecção numa das pernas, quando descobriu uma bactéria pulmonar.

Com quadro grave, Zé ficou quase três meses internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do hospital São Raimundo, na Capital cearense.

Em Fortaleza, o sanfoneiro ficou conhecido por suas apresentações na casa de show Kukukaya, onde tocava o autêntico forró pé-de-serra há mais de 10 anos.

O velório foi realizado em Fortaleza, no último sábado, 10, enquanto o sepultamento ocorreu em Cedro, a 397 km da Capital cearense, no dia seguinte.

Zé de Manu - Morre - Cedro - Fortaleza - Sanfoneiro - Cantor

Zé de Manu (Foto: Arquivo Pessoal)

Carreira

Zé de Manu descobriu sua vocação para a música muito cedo. Aos seis anos, dividia o tempo entre a escola, o trabalho na roça e os instrumentos. Sua mãe comprou-lhe um cavaquinho. Com um tio, aprendeu a tocar fole de oito baixos e se apaixonou pelo instrumento musical.

Aos 14 anos, surgiu o interesse pela sanfona, quando o seu tio Jaca comprou o instrumento de 80 baixos. Zé tocou por sete anos com o “Rei do Baião”, Luiz Gonzaga, e participou das festas no Parque Asa Branca, em Exu, Pernambuco. Ele foi um dos artistas que recebeu de presente do ídolo uma sanfona.

Confira vídeo

Recomendado para você