Varanda Casa Azul

Procuramos por ”Cabras-da-Montanha”

Texto por João Kepler, empreendedor que investe desde 2008. Kepler é especialista em empreendedorismo, startups, marketing e vendas; Participa em 400 StartUps; Lead Partner da Bossa Nova Investimentos; Premiado como melhor Investidor Anjo do Brasil pelo Startup Awards.

 

Provavelmente você já deve ter ouvido falar das Cabras que sobem montanhas de 50 metros de altura no lago Cingino na Itália em busca de sais, musgos e flores para se alimentarem e se protegerem de predadores. Apesar de parecer impossível transitar nesses penhascos a quase 90 graus de inclinação, as cabras se arriscam com um equilíbrio impressionante.

Nem todas as Cabras são assim ou tem essa coragem, essas espécies desenvolveram habilidades e adaptações especiais nas patas dianteiras e cascos que funcionam como ganchos para agarrar as pedras com mais eficiência e conseguir andar nas paredes inclinadas e rochosas. Apesar disso, a mortalidade entre as cabras jovens é elevada.

Claro que este estilo de vida é bastante arriscado e perigoso, mas dessa forma se afastam da concorrência e de predadores que não se atrevem a persegui-las pelas montanhas, com exceção das Águias douradas que atacam pelo alto, agarram as presas e soltam morro abaixo para depois se alimentarem no chão.

É incrível a resiliência desse animal, que mesmo diante de tanta dificuldade, continua o esforço para subir e lutar pela sobrevivência.

Certa vez ouvi uma comparação do Fernando da Bozano Investimentos falando sobre as Cabras e as Startups e nunca mais deixei de usar essa incrível analogia. De fato, pelas dificuldades, os jovens Empreendedores e Startpus Brasileiros parecem mesmo com as Cabras-da-Montanha na luta pela sobrevivência, para desenvolverem seus projetos e para se manterem no mercado. Muitos não conseguem e “morrem” pelo caminho, ao longo da jornada.

Os melhores Empreendedores que conheço são aqueles que se arriscam e conhecem bem as etapas do desenvolvimento de uma Startup, inclusive a fase Struggle. Tem aqueles que são realmente como as Cabras-da-montanha que são incomodados e desenvolvem habilidades, novas competências, anticorpos e fazem adaptações para subirem em locais que poucos conseguem alcançar, sabem dos sacrifícios e mesmo assim, enfrentam qualquer obstáculo com persistência e sem desanimar, para chegar aonde precisam chegar.

As startups lidam diariamente com desafios, dissabores e inconstâncias que precisam ser superadas, administradas e melhoradas constantemente.

Trabalhar com os extremos é uma maneira de expor a Startup, que tanto pode dar muito errado, como pode gerar na sequência, resultados grandiosos e exponenciais.  Essa é a grande diferença se comparada a uma empresa comum.

Muitos investidores ainda buscam somente por Unicórnios, termo usado para Startups que alcançam a marca de US$ 1Bilhão, mas no Brasil, nós na Bossa Nova Investimentos, procuramos primeiro pelas Startups que fazem adaptação nos “cascos” e conseguem sem medo, escalar os penhascos da vida. As Cabras-da-montanha. Para os Nordestinos, esse tipo de Cabra é conhecido como o “Cabra da peste” que significa o homem sertanejo valente, destemido, corajoso e batalhador. Ou seja, um indivíduo forte, que sobrevive com muitas dificuldades. 😉

E aí, você é uma Cabra da Montanha? Ou uma Cabra comum?

João Kepler Braga – www.joaokepler.com.br

Você quer ouvir mais sobre investimentos e startups com João Kepler? Então se prepara que dia 8 de fevereiro, aqui na Casa Azul, Kepler vai estar presente no lançamento do seu livro SMART MONEY: A arte de atrair investidores e dinheiro inteligente para seu negócio. Você pode adquirir seu ingresso clicando >AQUI<. 

Recomendado para você