Veia Esportiva

Rafaela Silva conquista o primeiro Ouro do Brasil

Rafaela Silva com sua medalha de Ouro. (Foto: Getty Images/ David Ramos)

Rafaela Silva com sua medalha de Ouro. (Foto: Getty Images/ David Ramos)

A primeira medalha de ouro do Brasil no Rio 2016 tem sotaque carioca. Nascida na comunidade da Cidade de Deus, a judoca Rafaela Silva chegou ao topo do pódio no mesmo Rio de Janeiro onde foi campeã mundial em 2013.

Competindo no quintal de casa, a brasileira mostrou que sabe muito bem usar a energia da torcida a seu favor: “A arena chegou a tremer”, disse ela após o título.
Campeã mundial e Olímpica, feito que nenhum judoca brasileiro havia alcançado, Rafaela esteve perto de jogar tudo para o alto há quatro anos. “Eu ia largar o judô, mas minha psicóloga fez um trabalho comigo e não deixou”, disse, relembrando a traumática derrota em Londres 2012, quando aplicou um golpe ilegal e foi eliminada nas oitavas de final.
Quatro anos após a decepção, Rafaela ressurgiu forte na Arena Carioca 2, a poucos quilômetros de onde nasceu. Lá, nesta segunda-feira, 8, a torcida e a judoca estiveram em sintonia desde o primeiro combate até a final, contra a mongol Sumiya Dorjsuren. Os gritos do público, segundo ela, foram fundamentais: “A torcida ajudou bastante, e eu não podia decepcionar as pessoas que vieram torcer por mim dentro da minha casa”.

A reação da campeã
Após a conquista, Rafaela relembrou sua trajetória e mandou um recado às possíveis sucessoras. “Quero mostrar que uma criança que saiu da Cidade de Deus e começou no judô por brincadeira hoje é campeã mundial e Olimpica. Se elas têm um sonho, têm de acreditar”, disse, antes de dedicar a conquista “a todo o povo brasileiro, à família e aos amigos”.

Fonte: Rio 2016 

Recomendado para você