Veia Esportiva

Campeonato Brasileiro de Natação encerra temporada com premiação recorde

(Foto: Comitê Paralímpico Brasileiro)

Terminou neste domingo, 21, o Campeonato Brasileiro Loterias Caixa de Natação. Com 259 atletas de 72 clubes, na piscina do CT Paralímpico, em São Paulo, a competição encerra o ciclo de eventos nacionais da temporada.

Ao todo, os Campeonatos Brasileiros de Atletismo, Esgrima em Cadeira de Rodas, Halterofilismo e Natação distribuíram cerca de R$ 180 mil em premiações. Esta foi a primeira edição dos eventos, organizados pelo Comitê Paralímpico Brasileiro.

A primeira edição do Campeonato Brasileiro Loterias Caixa de Natação contou com os oito melhores atletas no ranking nacional em cada prova. A ADI APIN, de Indaiatuba, ficou com o título de melhor clube e recebeu R$ 15 mil como prêmio.

O melhor técnico, Antônio Luiz Duarte Cândido, recebeu R$ 3 mil – mesmo valor distribuído aos melhores atletas por ITC (Daniel Dias e Patrícia Pereira, no masculino e feminino, respectivamente) e também os mais eficientes da competição, tanto adultos quanto jovens, por gênero.

O campeonato também foi marcado pela quantidade de recordes quebrados. Ao todo, 18 novas marcas brasileiras foram estabelecidas na piscina do CT Paralímpico.

Outros 13 recordes de jovens foram batidos, atendendo assim a expectativa de bom desempenho dos nadadores em busca das premiações individuais e por clubes.

A próxima temporada será recheada de desafios em todas as modalidades. A natação, por exemplo, terá o seu Mundial entre os dias 29 de julho e 4 de agosto, em Kuching, na Malásia. Ainda em julho, de 13 a 19, o Mundial de Halterofilismo será realizado em Astana, no Cazaquistão. Em novembro, de 7 a 15, haverá o Mundial de Atletismo,  em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

A intenção do Comitê Paralímpico Brasileiro é de que o calendário de competição nacionais de 2019 auxilie na preparação para estes eventos.

Vale ressaltar que o Brasil ainda terá pela frente os Jogos Parapan-Americanos de Lima, no Peru, de 23 de agosto a 1º. O CPB tem como meta manter-se no topo do quadro-geral de medalhas da competição continental – feito que se repetiu no Rio 2007, Guadalajara 2011 e em Toronto 2015.

Premiações do Campeonato Brasileiro Loterias Caixa de Natação
Melhor técnico – Antônio Luiz Duarte Cândido
Melhor clube – ADI APIN
Melhor índice técnico feminino – Patrícia Pereira
Melhor índice técnico masculino – Daniel Dias
Melhor índice técnico jovem feminino – Cecília Araújo
Melhor índice técnico jovem masculino – João Pedro Drumond Oliva
Atleta feminino mais eficiente – Lucilene da Silva
Atleta masculino mais eficiente – José Luiz Perdigão
Atleta jovem feminino mais eficiente – Lucilene da Silva
Atleta jovem masculino mais eficiente – José Luiz Perdigão

Recomendado para você