Veia Esportiva

COB apresenta novidades para edição nacional dos Jogos Escolares da Juventude

Cerimônia de Abertura – Tande, MC e o mascote do Time Brasil Ginga, junto com os embaixadores, Magnólia Figueiredo, Eduarda Vaz, Daniele Hypólito, Rodrigo Sacramento e Joana Maranhão durante o acendimento da Pira. (Foto: Wander Roberto / Exemplus / COB)

O Comitê Olímpico do Brasil (COB) prepara uma série de novidades para os Jogos Escolares da Juventude, que reunirá jovens de 12 a 14 anos e de 15 a 17, em uma única edição nacional.

O anúncio foi feito na manhã desta segunda-feira, 12, durante coletiva de imprensa realizada no Centro de Convenções de Natal (RN). A partir desta terça-feira, 13, a capital do Rio Grande do Norte receberá o início das competições e das atividades culturais e educativas.

A etapa nacional terá 14 modalidades em disputa: basquete, futsal, handebol, vôlei, atletismo, badminton, ciclismo, ginástica rítmica, judô, natação, tênis de mesa, vôlei de praia (apenas na categoria 15 a 17 anos), xadrez e wrestling.

As competições estão divididas em três blocos, sendo que o primeiro reúne seis modalidades esportivas: ciclismo, ginástica rítmica, natação, vôlei de praia, tênis de mesa e xadrez.

No Centro de Convivência dos Jogos, os jovens terão espaços exclusivos para praticarem o basquete 3×3 e o curling, modalidade de inverno que faz sucesso entre os brasileiros, cuja estrutura será adaptada às condições locais.

E, por fim, além de atletas consagrados, como Daniele Hypolito e Joanna Maranhão, o evento terá a presença de dois professores como Embaixadores. Com forte presença nas redes sociais, Carol Mendonça (língua portuguesa) e Rodrigo Sacramento (matemática) propõem uma abordagem atual para o ensino de suas disciplinas.

Competição – Organizados pelo COB desde 2005, os Jogos Escolares da Juventude são a principal competição estudantil do País. A edição nacional de Natal terá a participação de mais de 5 mil atletas de 2.153 escolas públicas e privadas de todo o Brasil, mais uma delegação do Japão, sede dos próximos Jogos Olímpicos.

Os Jogos Escolares da Juventude já revelaram vários atletas para o alto rendimento, como a campeã olímpica Sarah Menezes e a campeã mundial Mayra Aguiar, ambas do judô. Além delas, nomes como Hugo Calderano, Raulzinho, Ana Claudia Lemos, Etiene Medeiros e Leonardo de Deus, que integraram o Time Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016, deram seus primeiros passos no esporte nos Jogos Escolares.

Já nos Jogos Pan-americanos Toronto 2015, 75 atletas da delegação brasileira tiveram passagem pelos Jogos Escolares. Da delegação brasileira que participou dos Jogos Olímpicos da Juventude Buenos Aires 2018, no mês passado, 33 atletas entre 59 possíveis em 11 modalidades são oriundos da maior competição escolar do país.

Recomendado para você