Veia Esportiva

Lisca valoriza empate contra o Fluminense: “ficamos mais perto da zona de corte”

técnico alvinegro também criticou a proximidade das rodadas na reta final da Série A. (Foto: Bruno Aragão/Ceará)

O empate sem gols contra o Fluminense fez o Ceará chegar ao quarto jogo consecutivo sem vencer na Série A do Brasileiro, mas o resultado no Maracanã não incomodou o técnico Lisca. O comandante alvinegro valorizou o ponto conquistado fora de casa e criticou a quantidade de jogos na reta final da competição.

“É um ponto. Claro que a gente gostaria dos três, até pelo que o jogo mostrou. As três principais oportunidades foram nossa e o Everson não fez nenhuma defesa cara a cara. Não vamos ficar lamentando muito, essa parte final da competição tá bem difícil para nós, não temos tempo pra treinar. Na fase decisiva (da Série A), são cinco rodadas acavaladas”, disse Lisca.

Com mais um ponto conquistado, o Ceará chegou aos 39 e ganhou duas posições na classificação. O alvinegro agora é o 14º e está a dois pontos da zona de rebaixamento. O próximo jogo será contra o Paraná, único já rebaixado, mas o técnico do Ceará avisa que não será possível baixar a guarda.

“O Paraná tá muito bem nesse final, valorizando os meninos da base, jogadores de qualidade, que buscam espaço. E tem também o incentivo dos adversários. Sabemos que vai ser uma pedreira. Eles ganharam do América-MG fora de casa e empataram com o Palmeiras”, avalia.

Uma vitória em casa contra o Paraná leva o Ceará ao patamar dos 42 pontos,muito perto da pontuação de corte de hoje, que é de 44 pontos. Lisca acredita, no entanto, que pela maneira como a briga na parte de baixo vem acontecendo, essa margem de segurança pode diminuir.

“A turma lá de baixo tá patinando, não apenas nós que estamos tropeçando. Esse ponto nos dá possibilidade de hoje estar em 14º e ficarmos perto da zona de corte, que hoje ninguém sabe mais qual é. Já baixou para 44 pontos e como o pessoal (concorrentes diretos) não está pontuando muito, pode baixar mais”, acredita.

 

Esportes O POVO

Recomendado para você