Vidas ao Vento

Claudia entra para o time internacional da North

Claudia Leon Martinez começou a velejar aos 10 anos e hoje é a mais nova integrante do  time internacional da North. A espanhola de 16 anos é vista constantemente no Brasil e já esteve aqui em 2018 treinando nas lagoas do Cauípe e Taíba. Ela voltou a Espanha para receber a notícia de que agora representa a marca pelo mundo. Aqui 7 perguntas que ela respondeu ao blog da Northkiteboarding.

 

Entre uma manobra e outra, na Lagoa da Taíba. FOTO: Casimiro Martinez

Bem-vinda ao time, Claudia! Como é fazer parte desta equipe agora?

É um sonho que se torna realidade. Eu sempre me inspirei nas melhores riders, como a Francesca Bagnoli (italiana que ocupa 3º lugar do ranking) e a Paula Novotna (kitesurfista da República Tcheca 4º lugar do mundo) e estar no time com elas é um grande passo na realização desse sonho. 

Como e onde você começou a velejar?

Um pouco antes de eu completar 10 anos meu pai chegou em casa um dia dizendo que ia ter aulas de kitesurfe. Eu nem sabia o que era mas naquele momento eu disse para ele que eu também queria aprende. Logo na primeira vez que eu segurei um kite nas minhas mãos eu me apaixonei.  

Ela atravessa o oceano para treinar no Brasil. FOTO: Casimiro Martinez

 

E quando você percebeu que queria competir profissionalmente?

Um ano e meio depois de eu começar a velejar. O Campeonato Espanhol não aconteceu naquele ano e eu decidi correr o Junior World Championship, acabei ficando em segundo lugar, para minha surpresa, e foi aí que decidi competir o tempo que eu aguentar. 

Qual equipamento você usa para velejar e o porquê? 

Kite Vegas com barra de wakestyle ( barra bem pequena) e uma prancha Team Series 134cm. Escolhi estes porque eles me dão estabilidade e pressão ao mesmo tempo. 

Treino em janeiro deste ano na Lagoa do Cauipe. FOTO: Casimiro Martinez

Quais riders te inspiram?

A Francesca é uma garota super natural, engraçada e talentosa. Estive treinando com ela no Brasil e ela sempre me encoraja a treinar novas manobras e melhorar as que eu já faço. Bruna Kajiya também é importante para mim, ela é campeã do mundo, humilde e fala com todo mundo, sempre sorrindo. Mas a Gisela Pulido (espanhola 10x campeã mundial) foi minha primeira inspiração, quando a vi velejando decidi treinar forte para competir como ela. 

Quais os objetivos para este ano?

Competir as classificatórias para o WKL e assim entrar para o grupo de elite em 2019. Quero competir na Espanha também e voltar a ser campeã espanhola e campeã mundial junior. Mas o mais importante para mim é me divertir o máximo possível na água e me manter bem na escola. 

Com sua comida típica brasileira favorita: tapioca. FOTO: Casimiro Martinez

Onde podemos te seguir?

No Facebook eu posto fotos, vídeos e dou informações sobre as competições. No Instagram eu estou como @claudiakiter31. 

Via NORTHKITEBOARDING Blog. 

 

 

 

 

 

Recomendado para você