Asas e Flaps

Novo helicóptero entra ao serviço do Exército russo

4RIAN_01203148.LR.ru.jpg.1000x297x1

O Exército da Rússia será dotado em breve de novos helicópteros. O desenvolvimento do mais recente aparelho, capaz de suplantar os análogos existentes no mundo, está em pleno andamento. Os peritos contatados pela emissora Voz da Rússia revelam pormenores quanto às principais características do novo helicóptero russo.

Hoje em dia, estes equipamentos estão alcançando os limites de suas capacidades. Os engenhos de assalto não passaram a ser dirigidos por um só piloto, como se supunha antes. Os helicópteros de carga e de passageiros também não sofreram alterações radicais, tendo sido modernizados apenas os motores e a aviónica. No entanto, os cientistas e projetistas não desistem dos planos de aumentar a velocidade dos helicópteros modernos. Segundo disse o redator-chefe do portal informativo avia.ru, Roman Gussarov, a “elevada velocidade alargará o espetro de missões a cumprir por helicópteros de combate”.

“O helicóptero rápido permitirá executar um leque de tarefas que não são muito típicas. Por exemplo, levar grupos de desembarque aéreo a grandes distâncias e retirar o pessoal dos locais de incidentes, permitindo realizar tarefas que impliquem uma intervenção rápida e oportuna.”

Por outro lado, um aumento da velocidade levará à mudança do esquema clássico do helicóptero, salienta Roman Gussarov. Uma das perspetivas é o esquema de convertiplane, como o Osprey norte-americano, acrescenta.

“As leis da aerodinâmica são inalteráveis. Os helicópteros têm o seu limite de velocidade. Pode-se tentar atingir novas e novas fasquias, mas a velocidade não será aumentada por meio de projeção de novos engenhos como o Osprey.

Este aparelho levanta voo como helicóptero e depois, mediante as hélices, se desloca em paralelo ao horizonte, voando como um avião a velocidade mais elevada.”

Entretanto, o redator-chefe da agência Aviaport, Oleg Panteleev, afirma que a configuração do novo helicóptero não sofrerá essenciais modificações. Segundo disse à Voz da Rússia, o aparelho em vias de projeção terá as seguintes características:

“Trata-se de um engenho com capacidade de transportar 21 pessoas e uma autonomia de voo de 1000 km. A velocidade deverá aumentar em 25% devido a uma hélice especial, capaz de desenvolver uma propulsão considerável durante o voo em regime de cruzeiro”.

Segundo os peritos, o novo helicóptero cumprirá missões exclusivamente militares, podendo vir a ser o principal meio de apoio na realização de operações especiais.

Fonte: http://portuguese.ruvr.ru/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *