Asas e Flaps

LABACE 2013: A indústria Brasileira de Jatos Privados se Expandindo Para o Resto do Mundo

Os primeiros relatórios da Latin American Business Aviation Convention and Exhibition (LABACE), realisada em agosto no aeroporto de Congonhas, apontam para o sucesso do evento no que diz respeito à indústria de jatos particulares.

legacy-500-2904

Um dos destaques da exposição foi o jato Legacy 500 da Embraer em sua primeira aparição pública no Brasil. Oferecendo tecnologia fly-by-wire e o maior alcance de qualquer jato particular de médio porte, a fabricante o classificou como “uma adição que veio para mudar o cenário dos seus serviços de jatos executivos”.

citation-latitude 1354725261716 Dassault Falcon 2000S

Entre outros jatos particulares de primeira que atraíram multidões para o evento, estão o Dassault Falcon 2000S e o Bombardier Global 6000, bem como uma maquete do novo jato de médio porte Citation Latitude, que está previsto para certificação em 2015.

[youtube]http://youtu.be/pZeOZJca0sI[/youtube]

As sessões da conferência discutiram os desenvolvimentos recentes da indústria da aviação privada da região, incluindo os desafios enfrentados nos aeroportos em desenvolvimento para atender à demanda crescente de jatos.

labace 2013

A LABACE 2013 também deu oportunidade aos operadores de jatos privados e empresas de frete aéreo de discutirem as oportunidades de crescimento no Brasil e na América Latina – incluindo o lançamento do novo Global Broker Programme.

chapman-freeborn

Sob a iniciativa da empresa britânica Chapman Freeborn, as empresas de fretamento aéreo parceiras podem acessar a experiência internacional da Chapman ao realizar vôos em regiões desconhecidas ou desafiadoras ao redor do mundo.

A América do Sul é um dos mercados de jatinhos de mais rápido crescimento no mundo todo. Na última década, o tamanho de sua frota de jatos privados dobrou,  sendo o Brasil a principal força por trás deste crescimento.

ttp://youtu.be/l4A-K1qXvkg

Como evidenciado na LABACE 2013, um número crescente de multinacionais e investidores estão de olho no crescimento do Brasil, particularmente sendo o país anfitrião da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016, além de suas vastas reservas de petróleo e outros recursos naturais.

No entanto, a aviação comercial tem muitos desafios:  por exemplo, há uma imensa necessidade de um maior investimento em infra-estrutura (menos de um quarto dos aeroportos e aeródromos do Brasil têm pistas pavimentadas). O conhecimento do mercado local é, portanto, de vital importância.

dubai

Os grandes empresários brasileiros, com mais e mais negócios voltados ao mercado  exterior, também vêm requisitado mais e mais os serviços de jatos executivos para viagens internacionais. Os operadores e corretores locais muitas vezes precisam de assistência fora da região, e é aí que uma empresa internacional pode desempenhar um papel importante no novo esquema de parceria proposto pela Chapman.

aviao_jato_executivo_lear_jet_31_002