Asas e Flaps

Com 144 passageiros a bordo, pneu de avião da TAM estoura durante pouso

291 2

20140517133908_06

Um problema durante o pouso de um avião da companhia aérea TAM assustou passageiros na manhã deste sábado (17), no aeroporto de São José do Rio Preto (SP). O voo JJ3740 decolou às 7h55 de Congonhas com 144 passageiros a bordo e chegou ao interior de São Paulo por volta das 8h40. Ao pousar, o pneu estourou e o avião parou somente no fim da pista.

De acordo com um dos passageiros, o empresário Wander Neto, a aeronave balançou muito na decolagem. “Ao decolar, a cabine trepidou mais do que o normal. Mas o voo foi tranquilo. Somente na hora de aterrissar, ouvimos um forte estrondo e o avião começou a balançar demais, principalmente perto da cabine, só parando no fim da pista”. Segundo o passageiro, o piloto informou que o pneu dianteiro havia estourado e, por isso, houve o incidente. “Não houve pânico, os passageiros estão calmos e estamos recebendo assistência”, completa Neto.

Ao pousar, o pneu estourou e o avião parou somente no fim da pista.

http://youtu.be/uH5cwOS_x9c

Os passageiros estão sendo retirados aos poucos da aeronave através de um ônibus. Às 10h40, ainda havia 40 pessoas dentro do avião. Procurada pelo G1, a assessoria de imprensa da TAM disse que os passageiros desembarcaram normalmente e estão recebendo a assistência necessária. Ainda segundo a assessoria, o avião passará por manutenção corretiva.

Outros três voos operados pela companhia poderão sofrer atrasos. Segundo a TAM, são eles: JJ3745 (São José do Rio Preto – São Paulo/Congonhas), JJ3490 (São Paulo/Guarulhos – São José do Rio Preto) e JJ3491 (São José do Rio Preto – São Paulo/Guarulhos). A aeroporto de Rio Preto permanece fechado. A previsão é de que ele reabra por volta das 12h.

Fonte: MaisPB

Recomendado para você

2 Comentários

  • daniel disse:

    quanto tempo (pousos) dura um pneu de airbus 320 ?

    • Pneus aeronáuticos são componentes de alta tecnologia, capazes de suportar as mais extremas condições de temperatura e pressão. O Boeing 737NG utiliza seis pneus, com vida útil de cerca de 200 pousos. Como cada aeronave da GOL faz em média 12 pousos diários, os pneus são trocados a cada 16 dias. Se a estrutura de um pneu substituído estiver em boas condições, ele segue para a recauchutagem. Esse processo é certificado por regulamentos internacionais e pela Anac. A recauchutagem aproveita a estrutura do pneu e incorpora uma nova banda de rodagem. Cada pneu é recauchutado em média cinco vezes, e esse número pode chegar a dez. Essa prática, adotada em todos os países do mundo, reduz custos e ajuda a diminuir a quantidade de lixo no meio ambiente. Confira outras curiosidades em relação aos pneus aeronáuticos: cada conjunto pneu-roda pesa cerca de 200 quilos; o pneu do seu carro é calibrado com cerca de 30 libras, o do Boeing 737NG recebe 195 libras; os pneus são calibrados com nitrogênio; para preservar as características da borracha, os pneus são estocados em câmaras escuras, com temperatura e umidade controladas; estatisticamente, um pneu recauchutado é mais confiável do que um pneu novo.
      Comandante Adalberto Bogsan, vice-presidente técnico da GOL Linhas Aéreas Inteligentes

      Fonte: Revista GOL – Editora TRIP

\

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *