Asas e Flaps

No dia de hoje, há exatos 18 anos, um 747 da TWA explodia em New York #MH17

twa-1

                                           Destroços do MH17

Recentemente  um Boeing 777 foi derrubado por um míssil sobre o território da Ucrânia.

No dia 17 de Julho de 1996, um Boeing 747 da TWA desaparecia dos radares logo 15 minutos após a decolagem de New York. Na época houve muita especulação sobre a aeronave ter sido atingida por um míssil lançado por engano de um dos navios militares que estavam na área (até hoje se discute isso).

twa-2

747 remontado para investigação

O fato é que o acidente com o TWA desencadeou uma das maiores investigações sobre acidentes aéreos de toda a história (e também a mais cara), já que quase todos os destroços foram recuperados do fundo do mar e remontados em um hangar em Calverton (NY). O relatório final foi publicado vários anos depois com a conclusão de que vapores de combustível no tanque central entraram em combustão por uma falha na fiação das bombas de combustível.

Esta conclusão levou a inúmeras modificações em procedimentos de manutenção, inspeção, construção e até o desenvolvimento de um sistema gerador de nitrogênio para ser injetado nos tanques.

Há dezoito anos, um acidente deixou a aviação ainda mais segura.

O que este ato criminoso contra a Malaysia Airlines de hoje trará de bom para o nosso futuro?

Fonte: Aviões & Musicas

Atenção você  pode colaborar com a divulgação da aviação nacional , veja como:

As pessoas que se interessam pela história da aviação no Brasil poderão colaborar com doação ou aquisição do livro MEMÓRIAS DA AVIAÇÃO PAULISTA , esta obra sobre primórdios e pioneiros da aviação em São Paulo é fruto de extensa pesquisa realizada pelo autor, Edgard Orlando C. Prochaska, aviador por esporte e escritor por diletantismo.

Click no link abaixo

MEMÓRIAS DA AVIAÇÃO PAULISTA

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 + dez =