Asas e Flaps

Infraero despeja o Aeroclube do Brasil, fundado por Santos Dumont

181 8

acb

Em uma semana triste para a aviação do Brasil, o setor recebeu duas notícias trágicas no mesmo dia, na quarta-feira (13): a morte do presidenciável Eduardo Campos (PSB) e, sem alarde, a sentença judicial de despejo do Aeroclube do Brasil, entidade secular fundada por Alberto Santos Dumont, em processo movido pela estatal Infraero, que administra aeroportos.

A Justiça do Rio determinou na quarta a desocupação em até 30 dias do Aeroclube do Brasil (ACB), em hangares do Aeroporto de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro.

A sentença do juiz Paulo Espírito Santo, da 2ª Vara Federal (processo nº 9444-9720144025101) vem da ação de despejo que a Infraero move contra o Aeroclube há mais de um ano.

Fundado por Santos Dumont em 1911, o centenário Aeroclube tornou-se ícone da aviação civil, escola de milhares de pilotos e agora cederá lugar a funcionários da Infraero remanejados do Aeroporto Internacional do Rio (Galeão), que serão afastados de suas atividades com a concessão do terminal para a iniciativa privada

TRÂMITES

Interventor do ACB, José Alberto Parreira informou ontem à Coluna que a ‘questão está com os advogados’ e que eles vão recorrer da sentença.

Os hangares são cedidos desde a década de 70 para o ACB, ‘porém não foi possível a regularização da ocupação por meio de convênio não oneroso’, explicou a Infraero. Ou seja, de cessão, a estatal negociou contrato de aluguel, cujos valores não foram divulgados.

SEM NEGOCIAÇÃO

A Infraero informa que ‘parte da área será utilizada para realocar aproximadamente 189 empregados’ que atuavam no Galeão. Na sentença, o juiz determinou que a estatal prove este remanejamento de pessoal.

O despejo gerou comoção entre aeronautas e historiadores do País. ‘O ACB foi o verdadeiro berço primordial de uma multidão de aeronautas, desde sua criação no Campo dos Afonsos, por Santos-Dumont, passando por Manguinhos, e vindo para Jacarepaguá no início da década de 70 por ordem do Ministério da Aeronáutica’, diz o decano comandante Hamilton Lourenço.

Em fevereiro do ano passado, a Coluna revelou o impasse judicial entre a Infraero e o ACB. À época, a estatal informara que não havia interesse em renovação do contrato de cessão, que expirou em 2008. Desde então, a estatal e os sócios-pilotos do ACB entraram numa turbulência judicial, com derrotas seguidas para os aviadores.

A TV FAB já veiculou no YouTube um interessante documentário sobre a História do Campo dos Afonsos e do Aeroclube. ( aqui )

Fonte: UOL

Blog Esplanada

Sobre o autor

Leandro Mazzini é jornalista, escritor e pós-graduado em Ciência Política pela UnB. Iniciou carreira em 1994, e passou pelo Jornal do Brasil, Gazeta Mercantil, Correio do Brasil, Agência Rio entre outros

8 Comentários

  • Mario Tetto Sobr. disse:

    Prezados.

    Seria muito bom documentar isto acredito que deva ter em cartório esta ATA do Aero Clube do Rio.Porem seria interessante os senhores ficarem atentos que ele Alberto Santos Dumont participol da primeira reunião de fundação do Aer Clube do Parana o segundo mais antio do Brasil se levar em consideração a primeira fundação acredito que sera o mais antigo como tambem esta documentado em fotos na sede do Aero Clube do Paraná inclusive o seu copia de seu testamento.

    DIVULGUEM.

    Cmte.Mario Tetto Sobrinho.

  • Mario Tetto Sobr. disse:

    Prezados.

    Seria muito bom documentar isto acredito que deva ter em cartório esta ATA do Aero Clube do Rio.Porem seria interessante os senhores ficarem atentos que ele Alberto Santos Dumont participol da primeira reunião de fundação do Aer Clube do Parana o segundo mais antio do Brasil se levar em consideração a primeira fundação acredito que sera o mais antigo como tambem esta documentado em fotos na sede do Aero Clube do Paraná inclusive o seu copia de seu testamento.

    DIVULGUEM.

    Cmte.Mario Tetto Sobrinho.

  • CARLOS MAURO DE VILELA SILVA disse:

    Temos perfeitamente preservadas em nosso pequeno museu, todas as atas do Aeroclube do Brasil, desde sua fundação em 14 de outubro de 1911. As originais dessa documentação foram registrada em cartórios da época e foram recentemente recuperadas na fundação Rui Barbosa no Rio de Janeiro.
    COMANDANTE VILELA

  • CARLOS MAURO DE VILELA SILVA disse:

    Temos perfeitamente preservadas em nosso pequeno museu, todas as atas do Aeroclube do Brasil, desde sua fundação em 14 de outubro de 1911. As originais dessa documentação foram registrada em cartórios da época e foram recentemente recuperadas na fundação Rui Barbosa no Rio de Janeiro.
    COMANDANTE VILELA

  • É muito lamentável que a tão comprovadamente incompetente INFRAERO tenha tomado tal atitude contra um aeroclube, parte da história da aviação e fundado pelo não menos PAI DA
    AVIAÇÃO, um brasileiro que nos deu muito orgulho. “Santos Dumont”.
    Tenho orgulho de ser brasileiro, mas estamos vivendo uma fase negra da nossa historia, onde
    os valores já quase não existem e os poucos restantes não conseguem tomar atitudes para
    defender este pais tão maravilhoso, cheio de riquezas e esperanças.

    ONDE ENCONTRAR OS “JOAQUIM BARBOSA” DO NOSSO BRASIL??????????????????

  • É muito lamentável que a tão comprovadamente incompetente INFRAERO tenha tomado tal atitude contra um aeroclube, parte da história da aviação e fundado pelo não menos PAI DA
    AVIAÇÃO, um brasileiro que nos deu muito orgulho. “Santos Dumont”.
    Tenho orgulho de ser brasileiro, mas estamos vivendo uma fase negra da nossa historia, onde
    os valores já quase não existem e os poucos restantes não conseguem tomar atitudes para
    defender este pais tão maravilhoso, cheio de riquezas e esperanças.

    ONDE ENCONTRAR OS “JOAQUIM BARBOSA” DO NOSSO BRASIL??????????????????

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − onze =