Asas e Flaps

Acidente com o Flydubai FZ-981 no pouso em Rostov on Don na Rússia

a6-fdn-flydubai-boeing-737-8knwl_PlanespottersNet_231922

Flydubai A6-FDN acidentado

Um Boeing 737-800 da Flydubai, matrícula A6-FDN que fazia o voo FZ-981 de Dubai (Emirados Árabes) para Rostov on Don na Rússia com 55 passageiros e 7 tripulantes se acidentou durante o pouso, não há sobreviventes.

Muita gente obviamente quer a minha opinião quando acontece um acidente na aviação comercial. Mas eu só posso falar dos fatos. Se eu fosse emitir opinião, seria para externar toda uma tristeza e desconforto que acontece na comunidade aeronáutica quando algo assim ocorre.

História do voo

O voo havia arremetido na primeira aproximação para a pista 22 de Rostov às 01h41 devido às condições meteorológicas e inicialmente entrou em holding a 8000 pés. Após 30 minutos de espera, subiu para 15000 pés (FL150). Depois de duas horas de espera e questionamentos constantes de como estava o tempo no aeroporto, a aeronave iniciou uma nova descida para efetuar a aproximação para a pista 22. Os ventos estavam com intensidade de 27 nós (aprox 48 km/h) com rajadas de 42 nós (aprox 78 km/h!) neste momento. No áudio do ATC (Controle de Tráfego Aéreo) que deixo abaixo, é possível perceber que tudo estava normal na segunda aproximação e que o tripulante informa estar estabilizado no localizer e avisa a torre que em caso de arremetida vai subir para 8000 pés. Já mais próximo ao pouso avisa novamente que está “established on the localizer”, ou seja, alinhado com a pista, mas em seguida informa que está arremetendo – a voz do piloto está absolutamente normal. A torre então pede para eles mudarem a frequência de comunicação para 121.2 e a informação é cotejada naturalmente pelo PNF (pilot not flying):

_One Two One Two, Bye Bye.

O que acontece logo em seguida é algo que só saberemos com o resultado das investigações. O que podemos afirmar é que até este momento da gravação o avião está em perfeitas condições, bem como a tripulação. Havia combustível suficiente para a viagem, para alternar, para contingências, mais 30 minutos de reserva e um adicional de 2:30 para holding (esperas), ou seja, havia autonomia de voo para 8.5 horas e a aeronave estava voando por 6 horas no momento do acidente.

Apesar do PNF ter informado que estava estabilizado no Localizer, dados de radar sugerem que na final [da aproximação], a aeronave estava à esquerda do localizador, aproximadamente à esquerda da margem esquerda da pista e corrigiu para a direita um pouco antes do “flare” (aquela puxadinha de nariz antes do toque), porém a asa bateu na pista. Estas informações constam do AvHerald, mas ainda são informações iniciais que não podem ser analisadas sem outros dados, afinal um microburst poderia causar a mudança de trajetória sem que houvesse comando dos pilotos; além do mais por que ele fariam um “flare” para o pouso se haviam anunciado o GoAround (arremetida)?.

Por estes e outros motivos que temos que esperar as investigações.

Há alguns vídeos mostrando uma queda e explosão, mas NÃO SE DEVE CONFIAR EM NADA vindo daquelas bandas até que haja confirmação de autenticidade. Esse vídeo por exemplo, que dizem ser dele, me levanta alguns questionamentos:

  • As árvores não balançam com a mesma intensidade que deveriam com o vento que estava no momento
  • Não aparenta estar chovendo
  • Como um vídeo de câmera de segurança é postado tão rápido?

É preciso ser muito crítico em relação à esse tipo de coisa que vocês acham na Internet. Pode ser verdade? Pode, mas sempre desconfiem. O post será atualizado conforme eu saiba mais detalhes.

Update: observando mais atentamente, a câmera aparenta estar balançando com o vento, mas ainda prefiro esperar a confirmação de autenticidade do vídeo. Estou viajando e apenas com o celular, o que complica um pouco definir algumas coisas.

Áudio da torre.

A Flydubai (Dubai Aviation Corporation – مؤسسة دبي للطيران, em árabe) é uma companhia aérea de baixo custo dos Emirados Árabes Unidos, que possui em sua frota apenas 737-800 e algumas encomendas de 737MAX.

Update 1: Novo vídeo

Um novo vídeo mostra uma outra perspectiva do acidente. O vídeo anterior que eu havia mantido uma certa cautela também é autêntico. Todos os detritos já foram removidos da pista, ela já foi reparada e está funcional novamente. O gravador de dados de voz já foi recuperado e está em boas condições, estão fazendo a transcrição dos diálogos agora.

[youtube]https://youtu.be/-AlAjy7hg_Y[/youtube]

APAGAR2

Voice Recorder sendo desmontado para recuperar os módulos de memória

Detalhe para a pulseira anti-estática do técnico.

Fonte: AVIÕES & MUSICAS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *