Beleza e Saúde

Segredos do auto-exame

10bu0601FOTO: Médico Paulo Guimarães

Nós, mulheres vencemos os preconceitos e quebramos tabus ao incluir em nosso cotidiano o auto-exame de mama. Nós nem imaginamos o que nossas mães e avós passaram para aprender a tocar o próprio corpo, devido ao puder. Hoje, a luta de nós, mulheres, é incluir o hábito do auto-examinar da vulva, prática comum na Europa e em especial no Reino Unido. O ginecologista Paulo Guimarães, especialista em Endoscopia e Estética Ginecológica, da Clínica Ariel Scafuri, defende o auto-exame e diz que, através do simples ato de si tocar, é possível detectar e prevenir doenças como o câncer. Então, saiba como fazer o auto-exame.

1 – O auto-exame de vulga teve ter início com a vida sexual da mulher e ser realizado todos os meses, para a vida toda

2 – O toque deve ser efetuado uma semana após o ciclo menstrual. Para as mulheres que estão na menopausa, o auto-exame é eficaz em qualquer dia do mês

3 – O objetivo do auto-exame é ver coloração (se está avermelhado que indica inflamação), a existência de coceira, mau-cheiro, secreções ou sangramentos

4 – O que observar durante o auto-exame? Verrugas, manchas mais claras ou mais escuras, úlceras ou áreas “escamadas”, aftas nas áreas de enrugamento da pele, placas esbranquiçadas, dentre outras alterações

5 – Essas alterações podem significar a presença de doenças sexualmente transmissíveis, HPV, sífilis, herpes, monília ou fungos. Acima de 40 anos, o auto-exame é essencial para detectar lesões precursoras do câncer de vulva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 5 =