Beleza e Saúde

Ruy Camara em favor da vida

Rui

FOTO: Ruy Camara em favor da vida

O chamossísimo escritor cearense Ruy Camara nos convoca para a passeata deste sábado, às 9h, na Av. Beira-Mar, por amor ao nosso CE e contra a violência que assola o Estado. O evento de paz é organizada pela família e amigos da empresária Marcela Montenegro, brutalmente assasinada. Uma manifestação legítima de todos nós pela vida e o direito de viver em paz.

E-MAIL DE RUY CAMARA, NA ÍNTEGRA

“Prezado Roberta Fontelles Philomeno

É hora de descruzarmos os braços e de clamarmos por segurança em nossa cidade. Fortaleza está entregue aos bandidos e nós não podemos continuar fazendo de contas que o problema só afeta o nosso vizinho. Tampouco podemos aceitar a falsa acusação de que temos culpa pelo agravamento da criminalidade infantil e juvenil em Fortaleza. Esse argumento, quase sempre utilizado pela defensoria pública em defesa de delinqüentes (crianças e jovens) é uma fraude e um equívoco retumbante.

Nesses últimos 5 anos Fortaleza se transformou numa das cidades mais violentas do Brasil. A todo momento temos notícias de vítimas dos bandidos e criminosos, seja nos lares, no trabalho, no carro, nos táxis, nos ônibus e nas ruas. O aparelho policial do Estado se tornou completamente incapaz de garantir o nosso direito de ficar, de ir ou vir com segurança. A Guarda Municipal de Fortaleza simplesmente não existe como força de proteção do munícipe.

Está provado e arquiprovado que a tolerância do judiciário, o ineficiência e impotência policial e a conivência da defensoria pública na soltura de bandidos sem recuperação, agravaram sensivelmente a crise de insegurança em nossa cidade, tão bela aos olhos da prefeita e tão segura aos olhos do governador. E quem melhor percebe que Fortaleza é o paraíso da impunidade (polícia prende; defensor público defende e juiz manda soltar) são os marginais, bandidos e criminosos.

Negar que a população de Fortaleza está apavorada e sujeita a toda sorte de riscos, configura-se em omissão e descaso das autoridades, e é justamente este o ponto que precisa ser enfrentado por todos nós, cidadãos e cidadãs, de forma serena, mas firme e destemida.

Vamos convocar a cidade para caminharmos jutos neste sábado, na Av. Beira Mar, ao lado dos familiares de Marcela, para mostrar às autoridades que precisamos de segurança e de paz. Nossa participação, clamando alto por TOLERÂNCIA ZERO AO CRIME, por segurança e por justiça, é uma arma pacífica, mas de grande poder no combate à violência que suprime vidas inocentes e traumatiza as nossas famílias todos os dias.

Participar desse evento pela paz é o mínimo que podemos fazer para denunciar o descaso e a omissão das autoridades do Ceará.

Saudações cordiais

Ruy Câmara”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + 1 =