Beleza e Saúde

REDUÇÃO DE MAMAS, MAIS PRÓTESES DE SILICONE. COMO ASSIM?

0106CS2501 (2)

1 – Parece um pouco incoerente falar de redução de mamas com colocação de próteses de silicone, mas é uma prática que vem crescendo cada vez mais dentro da cirurgia plástica, principalmente depois que a atriz Angelina Jolie, em cartaz com o filme Malévola, anunciou que iria retirar as mamas para colocar próteses de silicone, devido à ameaça de câncer. Como Jolie é uma celebridade e tudo que ela faz repercute, as mulheres começaram a solicitar aos cirurgiões plásticos a redução da mama, diminuição do tecido mamário, com colocação dos silicones.

2 – A cirurgiã plástica Janete Clívia (CRM 11.112) diz que isso acontece porque a redução de mamas com a colocação de próteses pode permitir um resultado mais duradouro da cirurgia. “Bem como dar um aspecto mais empinado por mais tempo aos seios”. Nesse caso, a cirurgiã diz que é feita retirada do tecido mamário e há substituição por uma prótese de pequeno volume. “É fato que a redução de mama usando tecidos da própria mama pode dar um aspecto muito bom e empinado por algum tempo, porém dependendo do tipo de pele e de tecido mamário da paciente, o resultado pode durar de cinco a sete anos”.

3 – O cirurgião plástico George Régis (CRM 6126 – RQE 2700) diz que toda mulher deseja seios juntos, arredondados e colo preenchido. “A única técnica que deixa o colo preenchido, como se estivesse usando um sutiã de bojo, é o silicone”. Mas existem restrições. “Em mamas muito grandes não aconselho a redução de mama com colocação de silicone, porque pode ocorrer o deslocamento das próteses. Como há muito deslocamento de pele na redução, o silicone pode se movimentar. O resultado não fica natural. O ideal é retirar, no máximo, 500ml de mama para a colocação de próteses de silicones de volume de 200ml”, avisa George Régis.

3 – Na análise das vantagens e desvantagens de cada técnica, o mais indicado é discutir com seu médico qual seria a melhor para você. “Temos de observar que em pacientes que têm mamas densas (mais tecido mamário) e jovens, a melhor indicação é o uso do próprio tecido mamário. Já pacientes que apresentam mamas mais gordurosas e flácidas podemos pensar no uso de próteses de silicone, associadas à cirurgia de mamoplastia. 0106CS2502

4 – Nas vantagens da redução sem prótese é o uso do tecido da própria paciente para montagem da mama, menor risco de infecção ou outras complicações inerentes ao uso de próteses de silicone, retirada de menor quantidade de tecido mamário (para mulheres que querem amamentar) e menor custo, “pois não agrega o preço das próteses”.

5 – Já as vantagens de redução de mama, mais colocação do silicone são que o resultado é mais duradouro, maior satisfação e por tempo mais prolongado das pacientes. “Maior retirada de tecido mamário implica em menos patologias mamárias ao longo dos anos como nódulos e outros”, esclarece Janete Clívia. A melhor indicação é em pacientes com grande flacidez de mamas, como em grandes perdas ponderais ou flacidez constitucional, e, dependendo do caso, pode ter cicatrizes reduzidas.

MAIORES INFORMAÇÕES

www.cirurgiaplastica.org.br

 

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *