Beleza e Saúde

EMAGRECIMENTO RÁPIDO PODE FAZER MAL À SAÚDE

dieta-emagrecer-rapido

 

Na luta contra a balança, muitas vezes as pessoas recorrem a dietas que nem sempre são adequadas na esperança de ficarem magras de um dia para o outro. E vale de tudo. Da dieta do abacaxi (que, juram, faz a gordura “derreter”), passando pelo uso de laxantes e diuréticos, à dieta do limão (que sugere nada mais que duas semanas em jejum!). De certo, nem tudo o que se escuta por aí funciona, mas, entre tantos mitos, há uma verdade: essas fórmulas mágicas podem fazer muito mal ao organismo.

É realmente difícil ter paciência quando o assunto é emagrecer, mas, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a perda de um quilo a um quilo e meio por semana, no máximo, é o recomendado para um emagrecimento seguro. Mais do que isso: é extremamente importante que um médico especialista em perda de peso ou um nutricionista esteja assessorando esse emagrecimento. Uma dieta ruim pode causar problemas de pele, capilar, estomacais e intestinais. Os riscos de complicações físicas, e até psicológicas, existem porque o corpo precisa de tempo para se adaptar às mudanças de peso.

Fórmula do Emagrecimento

Não tem jeito. Dieta equilibrada + exercício físico é o que realmente dá resultado. Ao ingerir todos os nutrientes que o corpo precisa, se reduz o risco de ficar doente, o que comprometeria a continuidade do tratamento. Além disso, comer de tudo, com moderação, é a maneira mais eficiente de combater a compulsão pelos alimentos e aumenta as chances de não mais engordar.

Aliado a isso, o exercício físico queima as calorias e acelera o metabolismo, que se torna mais eficiente mesmo em repouso. Isso significa, na prática, que vai se gastar mais calorias, mesmo parada.

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − 2 =