Beleza e Saúde

FIM DOS PROBLEMAS: SUSPENDER A MENSTRUAÇÃO NÃO PREJUDICA A SAÚDE

Cólica, alteração no humor, retenção de líquido, indisposição, dores nas mamas e no corpo, são alguns dos sintomas que a menstruação proporciona todo o mês para algumas mulheres. No entanto, por causa de todos esses desconfortos muitas mulheres tomam a decisão de interromper a menstruação.

menstruacao-irregular-15

Segundo a Dra. Erica Mantelli (CRM-SP: 124.315), ginecologista e obstetra  a mulher não corre risco de saúde ao suspender a menstruação. “Cessar a menstruação pode aliviar todo o desconforto no mês, além disso, pode auxiliar no tratamento de mulheres com anemia, endometriose, mioma, cólica e tensão pré-menstrual”, afirma.

A menstruação ocorre quando o óvulo não é fertilizado. Ele se desintegra e acontece uma descamação interna do útero – o endométrio. “Sangrar todo mês é um sinal que o organismo da mulher está funcionando adequadamente. E quando não há menstruação pode indicar problemas nas glândulas tireóide e supra-renal”, alerta a médica.

irregular-menstrual-cycle

Interromper ou não?
A ideia de suspender ou não a menstruação ainda gera muitas dúvidas. Algumas acreditam que pode fazer mal, outras já encaram como uma solução para colocar um fim na TPM (tensão pré-menstrual). “É difícil afirmar se a suspensão da menstruação vai fazer mal ou não a saúde. Tudo vai depender do método hormonal que ela irá utilizar”, explica a ginecologista.
No entanto, qualquer mulher que sente o desejo de cessar a menstruação pode procurar um ginecologista.

Hoje existem diversos métodos que contribuem para o fim do ciclo menstrual.
“A paciente tem a opção das pílulas contínuas que são as mais comuns e combinam progesterona e estrogênio, o DIU com hormônio, pílulas somente com progesterona, implante subcutâneo e a injeção”, ressalta a Dra. Erica.

Fim dos problemas
Há quem acredite que pausar a menstruação pode desencadear alguma doença ou até mesmo a infertilidade. Existem estudos que comprovam que as chances da mulher ter alguma doença são reduzidas quando o sangramento é interrompido.
“A pílula anticoncepcional utilizada para cessar a menstruação não provoca a infertilidade, o que pode ocorrer é a mulher levar mais tempo a engravidar após a suspensão do hormônio. Os ovários precisam de um período para voltarem a funcionar adequadamente”, finaliza a ginecologista.

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *