Beleza e Saúde

10 DICAS PARA NÃO ENGORDAR APÓS A CIRURGIA BARIÁTRICA

cirurgia-reducao-estomago

Uma das opções de tratamento para quem sofre com obesidade mórbida é a cirurgia bariátrica. De acordo com o Ministério da Saúde a idade mínima para realizar o procedimento pelo SUS é de 16 anos, visto que o excesso de peso é considerado prejudicial à saúde, especialmente, para a saúde dos jovens.

O procedimento, que também é conhecido como cirurgia da obesidade ou redução de estômago, é indicado quando o paciente está com o Índice de Massa Corporal (IMC) acima de 40 ou acima de 35 ou com problemas associados, como diabetes, hipertensão e colesterol. No entanto, mesmo sendo uma técnica muito eficaz para a redução de peso, alguns pacientes costumam engordar os quilinhos adquiridos.

Como não engordar após a cirurgia bariátrica?

Além dos cuidados com a alimentação, algumas medidas simples ajudam a manter os ponteiros da balança estáveis. Confira dez dicas a seguir:

1. Evite o consumo de bebidas alcoólicas. A ingestão de bebidas alcoólicas contribui para o aumento do peso, pois elas possuem altos índices de calorias.

2.  Evite depositar as emoções na alimentação. Uma prática comum entre muitas pessoas é comer quando tem picos emocionais de alegria, tristeza ou ansiedade.

3.  Anote a sua meta. Deixe o motivo pelo qual você buscou o emagrecimento marcado na carteira ou em outro lugar que você tenha acesso, pois evita escorregões na alimentação.

4.   Faça atividades físicas. A prática regular de exercícios é importante no processo de eliminação de peso depois da cirurgia.

5. Diminua a ansiedade para emagrecer. Esse sentimento dificulta a redução de peso.

6.  Seja claro com o nutrólogo. De acordo com a psicóloga, a melhor maneira de obter resultados positivos durante o processo de emagrecimento é sendo muito honesto com o nutrólogo ao contar o que gosta ou não de comer para seguir adequadamente as orientações prescritas.

7.  Evite o paladar de criança. Seguir uma dieta requer disponibilidade para a mudança de hábitos. Aceite o desafio de provar alimentos mais saudáveis.

8.   Não pule as refeições. A recomendação é realizar de 5 a 6 refeições no dia em intervalos de três em três horas.

9.   Frequente um grupo de ajuda. Uma boa dica é apostar em grupos como os “Vigilantes do Peso”. Esses grupos são um estímulo maior para que o paciente alcance sua a meta, pois ele recebe o apoio de outras pessoas que estão na mesma sincronia”, sugere a psicóloga.

10.  Tenha uma boa noite de sono.

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *