Beleza e Saúde

Balão no estômago para emagrecer, diz médico endoscopista Fabrício Martins

Médico endoscopista Fabrício Martins

Médico endoscopista Fabrício Martins

Quando Patrícia Poeta surgiu super magra, nas manhãs, da Globo, no programa É de Casa os “buchichos” começaram. Nos bastidores da emissora circulam que a apresentadora pode estar sofrendo de anorexia. Só que a história pode ser outra, Patrícia teria emagrecido 10 kg devido à colocação do balão intragástrico. Uma moda entre as celebridades, como atriz Fabiana Karla que eliminou 20 kg da silhueta e comemora ter saído da linha da obesidade mórbida.

ANTES Apresentadora com uns quilos a mais  ícia Poeta

ANTES
Apresentadora com uns quilos a mais
Patrícia Poeta

DEPOIS Patrícia Poeta super magra, emagreceu 10kg

DEPOIS
Patrícia Poeta super magra, emagreceu 10kg

“O balão intragástrico é um dispositivo de silicone que, depois de preenchido por 550ml a 700ml de soro fisiológico, assume um formato esférico, podendo ocupar em até 50% a câmara gástrica (estômago). Esse método de emagrecimento ganhou força nos últimos anos quando foi homologado pela ANVISA para fins estéticos e, ano passado, quando o FDA liberou nos EUA”, esclarece o médico endoscopista Fabrício Martins (CRM 10091). O balão fica no estômago de seis a 12 meses e faz com que a pessoa se sinta saciada mais rapidamente, diminuindo o apetite.

Por sua colocação e retirada serem seguras, por endoscopia, e o uso da sedação, como em uma endoscopia convencional, muitas pessoas banalizam o uso do balão, querem tirar e colocar como se estivessem indo a um salão de beleza. “O uso do balão intragástrico só faz sentido se o paciente mudar o estilo de vida, passar por uma reeducação alimentar e acompanhamento multidiciplinar”, avisa logo o médico.

É possível emagrecer em média de 10% a 20% do peso corporal, com a utilização do método, ou seja, se a pessoa colocar o balão no próximo mês de agosto, seguindo às orientações corretamente, é possível chegar ao final do ano com a silhueta, de bem com os vestidos de festa e usar e abusar do biquíni, nas férias de verão, em janeiro de 2017. Só que se a pessoa volta a engordar logo após a retirada do balão, o ideal é procurar um psicólogo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − dezesseis =