Beleza e Saúde

ATÉ A CONQUISTA DA PATENTE, DO BIOLIPÍDEO, DO GRUPO EVIDENCE

2711cs2502

1 – Resultado de 15 anos de muito trabalho e seis anos de espera do Grupo Evidence, CONFIRMADÍSSIMA no O POVO Anuário da Saúde do Ceará, farmacêutica Dinalva Queiroz comemora a patente do Biolipídeo, nos Estados Unidos, e explica o passo a passo dessa conquista, no maior mercado farmacêutico do mundo,

2 – A pesquisadora diz que prendeu que a nanotecnologia poderia ser uma grande aliada. “Através de ensaios iniciais, descobrimos que, usando nanotecnologia, associada à biotecnologia, em harmonia com a fisiologia dérmica, seria capaz de realizarmos o nosso propósito”.

3 – O segundo desafio foi adaptar a formulação final para uso em humanos. “Depois de quase dois anos de muito trabalho e pesquisas, conseguimos chegar ao resultado esperado, após submeter o biolipídeo, veiculando hormônios a testes em humanos, no Instituto de Bioengenharia da Pele”,

4 – Através dos testes utilizando a Espectroscopia Confocal Raman, Dinalva Queiroz conseguiu demonstrar, entre outros resultados, que quando associado os hormônios nanoestruturados a um Sistema de Delivery Transdérmico Nanoestruturado (Biolipídeo), os hormônios são permeados através da pele, chegam à circulação sistêmica e são liberados gradualmente por 24h.

5 – O próximo passo foi comprovar os resultados e a segurança do Biolipídeo numa população maior. Objetivo alcançado por estudo, em que médicos e pesquisadores acompanharam mais de 100 mulheres na menopausa por cinco anos, utilizando o Biolipídeo , associado a Estriol e Estradiol.  “Os resultados foram excelentes… Índices de qualidade de vida e marcadores bioquímicos e corporais (pressão sanguínea, peso corporal / IMC, dosagens hormonais) melhoraram.

6 – “O quarto passo foi a submissão do meu projeto de Doutorado em Biotecnologia que teve como tema central o uso de hormônios nanoestruturados veiculados no Biolipídeo. O trabalho da Dra Dinalva Queiroz foi agraciado com o primeiro lugar do Renorbio, maior rede de Doutorado de Biotecnologia do Brasil. Parabéns!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × cinco =