Beleza e Saúde

INTERVIEW – CIRURGIÃO GABRIEL CAVALCANTE FALA SOBRE LASER ALEXANDRITE E ESPAÇO LASER, QUE INAUGUROU, NA REGIÃO DO CARIRI (CE)

Cirurgião Gabriel Cavalcante inaugurou, recentemente, a clínica Espaço Laser, em Juazeiro do Norte, ao lado dos sócios, os médicos Carol Cavalcante  e José Jorge. Ele fala sobre a tecnologia do laser Alexandrite, de alta tecnologia, agora disponível para os pacientes da Região do Cariri. 

ROBERTA FONTELLES PHILOMENO – Qual a principal diferença entre o Espaço Laser e as demais clínicas de depilação a laser existentes no mercado?

GABRIEL CAVALCANTE – O principal diferencial é o laser Alexandrino, que não doe durante as sessões, comandadas por fisioterapeutas. Os clientes são atendidos por horário marcado, sem tempo de espera e passam por uma avaliação, antes do início do tratamento.

RFP – Qual a diferença do Alexandrite para os demais?

GC – É um método sofisticado que possui um sistema especial de resfriamento por gás criogênio, que torna as sessões mais rápida e confortáveis, se comparadas aos demais lasers. As complicações são mínimas. E vale lembrar que a eficácia do tratamento depende da coloração e espessura dos pelos que serão atingidos pelo laser que devem ter certa concentração de melanina (substância que atrai o raio).

RFP – Muitos homens reclamam de dor ao depilar a barba a laser, com o Alexandrite acontece a mesma coisa?

GC – Não. O Alexandrite  age perfeitamente na barba com o mínimo de dor e em sessões muito rápidas.

RFP – Quais os cuidados que os pacientes devem ter durante o tratamento?

GC – Não utilizar métodos que extraiam os pelos pela raiz, como: depilação a cera, com pinça, depilador elétrico ou com linha. O uso de produtos descolorantes também deve ser suspenso.

RFP – Tomar sol na região depilada é um problema?

GC – O paciente só pode fazer sessões com o Alexandrite depois de 30 dias que tomou sol, por existir risco de queimaduras e manchas. Após as aplicações, deve esperar sete dias para se expor aos raios solares. É indispensável o uso de protetor solar FPS 30, nas áreas que ficarem expostas após as sessões.

RFP – E a utilização de ácidos, tem de suspender?

GC – Interromper o uso na região a ser tratada por sete dias antes e sete depois de cada sessão. E no dia do tratamento, não utilizar produtos que pigmentam a pele (maquiagem, autobronzeadores…)

RFP – Você pretende montar consultório de cirurgia plástica, no Cariri?

GC – Esse será nosso próximo passo, na região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *