Beleza e Saúde

Efeito rebote, na pele oleosa, pode piorar a acne adulta. Evite com Neutrogena

Estudo mostra que a combinação de ácido salicílico com surfactante polimérico é segredo dos produtos mais modernos para uma limpeza profunda da pele e controle da oleosidade sem danificar a barreira cutânea

 Facilmente reconhecida pelas espinhas e cravos, a acne é uma doença de pele caracterizada pelo entupimento dos folículos pilossebáceos por queratina, uma proteína natural da pele, e sebo, que é fundamental na preservação da hidratação natural da pele. Porém, em excesso, o sebo se transforma em nutriente para bactérias, favorecendo uma inflamação.

Infelizmente, a acne não aparece apenas na adolescência. Ela pode acompanhar o jovem até a fase adulta ou até mesmo surgir inesperadamente. Se for uma continuidade da adolescência, pode haver um componente hereditário . Se ela aparecer depois dos 20 anos de idade, pode ser por motivos hormonais, e neste caso, as mulheres são mais afetadas.

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), a acne é o problema dermatológico mais comum entre os brasileiros, afetando 56,4% das pessoas, e é o motivo que mais leva mulheres acima de 25 anos ao consultório. Dados da Academia Americana de Dermatologia revelam que afeta 54% das mulheres nesta faixa etária.

O estudo Consumer Journey, realizado pela Johnson & Johnson, confirmou que a acne é a primeira preocupação das mulheres entre 18 e 24 anos e o maior objetivo delas é ter uma pele limpa, sem cravos ou espinhas. Elas também sofrem mais devido ao uso de maquiagem e produtos cosméticos inadequados para o tipo de pele.

Acne adulta no calor 

Quem sofre com a acne, precisa redobrar a atenção no verão. Na estação mais quente do ano, os efeitos do excesso de calor e o sol forte e constante podem agravar os cravos e espinhas – embora, a princípio, deem a falsa sensação de uma melhora bastante significativa. Não se pode deixar enganar. O ressecamento que o sol provoca na pele oleosa faz com que o organismo perceba esse desequilíbrio e se proteja contra a perda repentina da oleosidade produzindo ainda mais sebo – o chamado efeito rebote.

Como tratar a acne adulta

Para tratar a acne, é importante identificar os fatores que a desencadeiam, mas em todas situações, o tratamento passa por uma rotina simples: limpeza, hidratação e proteção adequadas para este tipo de pele. Basta lavar a pele com sabonete adequado, uma vez de manhã e outra à noite, e complementar os cuidados soluções calmantes e secativas que controlam a oleosidade natural da pele, além de usar loção hidratante – pele oleosa também precisa ser hidratada.

Conforme explica a Dra. Flávia Addor, membro do Conselho da Sociedade Brasileira de Dermatologia, se os produtos utilizados não forem adequados para o tipo de pele, irão obstruir ou mesmo inflamar os poros e toda a dedicação no cuidado da pele terá sido em vão. Uma visita ao dermatologista ajuda a identificar qual é o tipo de pele e, assim, usar os produtos corretos. Dra. Flávia recomenda, ainda, o uso de maquiagens adequadas de tratamento, que cuidam ao mesmo tempo que proporcionam o efeito estético. “Os bons produtos, de marcas que investem em pesquisa e tecnologia, são seguros e não promovem irritação folicular”, afirma a dermatologista especialista em acne adulta.

A importância do ácido salicílico no tratamento da acne adulta

O principal ativo para o tratamento de cravos e espinhas é o ácido salicílico. “Só que, na dosagem errada, ele pode levar ao ressecamento excessivo da pele e aumentar a secreção sebácea, piorando a acne”, alerta Dra. Flávia, assim como o efeito rebote do sol. Estudos clínicos comprovam que a combinação ideal para tratar a acne é do ácido salicílico com uma tecnologia de limpeza e remoção do excesso de sebo (surfactante) composta de polímeros, também conhecida como surfactante polimérico (SA-PS)1.

Um dos estudos revela que o resultado do uso da SA-PS pode ser observado em apenas quatro semanas2. “Em 12 semanas, 85% das pessoas com acne de leve a moderada têm redução na contagem total de lesões de acne”, conta José Pelino, diretor de engajamento científico da Johnson & Johnson Consumo América Latina. Outro estudo mostra que a combinação SA-PS não interfere na manutenção da proteção da pele. “Os lipídios são essenciais para a barreira cutânea e esta combinação não altera seus níveis, fazendo com que a pele não resseque excessivamente”, afirma Pelino.

Para a rotina de cuidados diários, NEUTROGENA® Acne Proofing é uma linha antiacne e antioleosidade com esfoliante, gel de limpeza e tônico que limpam profundamente a pele, reduzindo e prevenindo a acne sem danificar a barreira cutânea.

A combinação SA-PS está presente nas duas tecnologias exclusivas de NEUTROGENA®, que permitem uma limpeza profunda e saudável: CLEAR DEFEND™, com 2% de ácido salicílico, e BARRIER CARE™ com ingredientes que ajudam a minimizar a ruptura da barreira natural da pele e estimulam o fortalecimento do seu escudo natural.