Beleza e Saúde

NUTRI MELINA ALMEIDA APRESENTA A NUTRIÇÃO QUÂNTICA: CORPO + MENTE + ALIMENTO, TUDO INTEGRADO

Nutricionista integrativa Melina Almeida diz que alimentação, a espiritualidade, a energia e a mente estão interligadas

 

ROBERTA FONTELLES PHILOMENO – VOCÊ CONHECE A NUTRIÇÃO QUANTICA?

É fato, as pessoas estão cada vez mais agitadas, sofrem muito mais de transtorno psicológicos (ansiedade e síndrome do pânico se tornaram comuns), têm problemas de relacionamento, não creem mais em quase nada. Pior: o número de câncer, doenças cardíacas (#cruzes), diabetes, obesidade e distúrbios hormonais só vem aumentando nos últimos anos.

Neste cenário ganha cada vez mais espaço a Nutrição Integrada Quântica em que o conceito de saúde e beleza vai muito além de seguir uma alimentação saudável e praticar exercícios regularmente. “A alimentação, a espiritualidade, a energia e a mente são interligadas”, afirma a nutricionista integrativa Melina Almeida, especialista em Nutrição Ortomolecular e Nutrigenômica Aplicada à Patologia, em entrevista exclusiva, direto de Brasília, onde participa do curso de Biofísica Quântica. Confira os principais trechos.

O POVO – O que significa Nutrição Integrativa Quântica?

MELINA ALMEIDA – Integração da Nutrição com várias áreas da saúde: Medicina, Psicologia… Analisamos o indivíduo de forma única, no todo, holisticamente. Levamos em consideração tudo o que ele já vivenciou que pode funcionar como um gatinho emocional, todo o contexto familiar, estresse, sonhos, pensamos e emoções que regem a vida dele. Tudo isso provoca alteração bioquímica no corpo.

 

OP – O que é a nutrigenética e a nutrigenômica? 

MA – A primeira é a interação dos nossos hábitos alimentares e dietéticos, em relação ao nosso DNA. Cada pessoa responde à alimentação de modo diferente. Hoje, sabemos que 20% do que acontece no corpo é devido à genética, os outros 80% são resultado da dieta, dos níveis de estresse, do estilo de vida, do sono, das atividades físicas e do funcionamento do intestino. Já a nutrigenômica é o estuda do poder do alimento de mudar o DNA. Os alimentos são capazes de modificar nossas rotas metabólicas, respostas imunes, no nosso humor, nos hormônios, mexer no nosso corpo como um todo.

Os alimentos são capazes de modificar nosso humor e mexer no nosso corpo como um todo

OP – Os alimentos têm poder sobre o corpo e a mente?

MA – Tem sim. Hoje, temos uma classe de probióticos, chamados psicobióticos, voltados para o sistema nervoso. Antigamente, víamos o intestino como nosso segundo cérebro, hoje é o primeiro. Um intestino que não funciona direito tem baixa produção de serotonima, hormônio do bem-estar. E quem não produz serotonina adequadamente está predisposto a ter quadro de ansiedade, depressão…

Melina Almeida, especialista em Nutrição Ortomolecular e Nutrigenômica Aplicada à Patologia, depende a avaliação do paciente de modo holístico

OP – A alimentação, a espiritualidade, a energia e a mente estão interligadas ? 

 

MA – Tudo interligado. Existem artigos científicos provando que pessoas que creem em algo têm recuperação mais rápida de doenças em comparação àqueles que não creem. E tem artigo dizendo que tudo que vejo ou ouço tem efeito na minha mitocôndria (feita de átomos que vibram). Se assisto a vídeos ruins, ouço notícia ruins isso vai causando um impacto no meu corpo de mudanças bioquímicas, alterando a homeostase (manutenção do equilíbrio, pois nosso corpo vive em busca da estabilidade).

 

OP – Cite alimentos para amenizar a ansiedade, melhoram o mau humor e diminuem a insônia. 

 

MA – Vitamina B6, banana, oleaginosas, castanhas são indicados para quem sofre de ansiedade, além de proporcionarem saciedade e dá energia ao corpo. RECEITAS: Bata no liquidificador chá de camomila com a polpa do maracujá e adicione canela. Poderoso fitoterápico para o sono e para a ansiedade. Chá de mulungo com chá de camomila gelado, à noite também é ótimo. E gotinhas de óleo essenciais de lavanda no travesseiro aclamam e fazem sim mudanças bioquímicas no corpo.

 

OP – Existem mesmo alimentos que intoxicam nosso corpo?

 

MA – Alimentos, pensamentos negativos e o estresse intoxicam o corpo, assim como noite mal dormida, o jet lag, as toxinas presentes nos produtos de beleza (tintura de cabelo, esmalte de unha, desodorante com alumínio…). O leite industrializado é inflamatório, potencializa problemas respiratórios, a rinite, sinusite, a produção de muco e à dermatite.

 

OP – Quais alimentos são ditos detox?

MA – Quem faz o detox do nosso corpo são os nossos próprios órgãos, o intestino, os rins e o fígado. Existem alimentos que podem estimular o processo de desintoxicação, um processo que já é do corpo. E dizer que suco detox tem poder para desintoxicar, não é verdade. A bebida pode até inflamar o corpo, dependendo do consumo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze − 3 =