Beleza e Saúde

3 DESAFIOS DA ORTOPEDIA, NO CEARÁ

O presidente da 23ª edição do Congresso de Ortopedia e Traumatologia do Estado do Ceará (COTECE) e professor da Universidade Federal do Ceará, médico Henrique César, enumera os desafios do atendimento do sistema público de saúde, no Ceará.

“Vivemos um contrassenso: falta ortopedista para atender a população cearense e, do outro lado, os ortopedistas sofrem com a falta de postos de trabalho. O principal agente contratante… é o setor público e ele é inoperante. É a grande realidade”, lamenta.

1 – “Vencer a falta de unidade de atendimentos ortopédico em todo o Estado do Ceará”.

2 – Superar a “incapacidade de solução do sistema cirúrgico”. Existem “poucos locais para se operar”.

3 – Criar “postos de trabalho para os ortopedistas. Formamos, hoje, cerca de 15 novos ortopedistas por ano e não há postos de trabalho. Todos os vínculos empregatícios são frágeis”.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × dois =