Beleza e Saúde

Bebeu no carnaval? Veja como suportar a ressaca

Hidratação e alimentação saudável são alternativas para aliviar os sintomas após ter ingerido álcool em excesso

Chegou o carnaval, época de rever os amigos, curtir os bloquinhos de rua, os trios elétricos e ver as escolas de samba. Com toda essa festa alguns foliões exageram na ingestão de bebidas alcoólicas e no dia seguinte sentem mal-estar, a famosa ressaca. “As indisposições começam de 6 a 8 horas após o consumo excessivo de bebidas alcoólicas e os efeitos podem durar cerca de 24 horas. Isso acontece após um pico entre 0,11% e 0,12% de concentração de álcool no sangue”, explica Diana Lara, neurocirurgiã da BP.

Segundo a especialista, os sintomas da ressaca variam de pessoa para pessoa: dependem de fatores genéticos, do quanto ela se alimentou e se hidratou. “O acúmulo de álcool no corpo interfere nos nossos hormônios e no sistema imunológico e essas alterações acabam contribuindo para a sensação de ressaca”, afirma ela.

Bebeu demais? A especialista da BP dá dicas para você amenizar os efeitos da ressaca:

1 – Você realmente estará indisposto

Se você exagerou na bebida provavelmente sentirá indisposição. Existem vários sintomas e os mais comuns são náuseas, boca seca, tontura, desconforto gastrointestinal, cansaço, tremedeira, ausência de apetite, falta de concentração, sonolência e sudorese, além de dor de cabeça.

2 – No dia seguinte…

Ingerir bastante líquido e ter alimentação balanceada é o grande segredo para se livrar da ressaca. O principal método para se proteger desse mal-estar é a hidratação. Por isso, após abusar da bebida é fundamental tomar bastante água, repousar e tirar o dia para fazer refeições leves a base de saladas, frutas, legumes e sucos naturais.

3 – Antes de beber, coma algo

O ideal é nunca beber de estômago vazio e ingerir carboidratos e proteínas antes de consumir bebidas alcoólicas, pois a absorção do álcool fica mais lenta, minimizando os efeitos da ressaca.

4 – Remédios de farmácia contra ressaca

Medicamentos como antiácidos, analgésicos e antieméticos podem ajudar a amenizar os sintomas, porém não há evidência científica de nenhum tipo de medicamento que cure a ressaca. Não há como afirmar se esses remédios tomados antes da ingesta alcoólica de fato ajudam no alívio dos sintomas da ressaca.