Beleza e Saúde

Mente sã, corpo são: veja como o mindfulness ajuda a fortalecer o sistema imunológico

A Luiza Bittencourt, instrutora sênior de Mindfulness pelo MTI (Mindfulness Trainings International), está com três dicas para melhorar a imunidade durante a pandemia do coronavírus através da prática de atenção plena.

“Não podemos controlar muitas coisas na vida, mas uma coisa que podemos (e devemos) fazer nesse período de pandemia do Covid 19 é redobrar o autocuidado e fortalecer o sistema imunológico”, pontua Luiza. Segundo estudo da Universidade da Califórnia, durante a meditação, a enzima telomerase (ligada ao sistema imunológico) tem sua ação intensificada, então a pessoa que medita tem suas defesas ampliadas e consegue lidar melhor com o estresse também.

“Se você está em casa sem trabalhar ou de home office ainda nesse período, aproveite para desacelerar e tirar um tempo para sua prática de meditação. Isso é como tomar remédio, faça disso um compromisso diário e leve tão a sério quanto. Quando você está em tratamento, deixa de tomar seu remédio diariamente? Não. Então a mesma ideia serve para a sua prática diária de Mindfulness. Bem-estar psicológico traz também bem-estar físico. Precisamos de ambos fortalecidos nesse momento”, reforça a especialista.

A seguir estão três dicas da Luiza para fortalecer a imunidade:

1- Alimentação saudável é super importante. Lembrando também do mindful eating, é sempre bom trazer a atenção para o que seu corpo está precisando nesse momento. Muitas vezes, em momentos de ansiedade, estresse, ou até de tédio mesmo pelas pessoas que estão em casa, as pessoas descontam na comida. E na maioria das vezes consomem besteiras, alimentos sem nutrientes. Não que a gente não possa comer coisas desse tipo, é claro que podemos, mas é importante pensar no que é melhor para o corpo nesse momento. Nosso corpo é como uma máquina, e é preciso avaliar com qual combustível vamos alimentar essa máquina agora, até para também melhorar nossa imunidade. Fazer escolhas mais conscientes na nossa alimentação diária nesse período é fundamental.

2- Descansar, dormir, aproveitar esse tempo e fazer o melhor do tempo presente. Já que fomos obrigados a desacelerar nesse mundo que é super corrido e realizamos mil coisas ao mesmo tempo, e ficamos sem tempo para nada. Por isso, aproveitar esse momento para descansar mais já que estamos esgotados, dormir mais (para aqueles fazendo home office) é válido pois também ajuda a fortalecer nosso sistema imunológico.

3- Praticar o mindfulness todos os dias. Como dito anteriormente, a prática formal de mindful, que é a meditação, é muito importante. As pesquisas já mostram que vale mais praticar todo dia por alguns minutos do que por horas a fio três vezes na semana. Então cinco minutos por dia é realmente melhor do que não fazer. Além da prática ajudar a fortalecer o sistema imunológico, quando estamos ansiosos e estressados, a nossa amígdala cerebral é ativada, e ela é nosso instinto de sobrevivência, muito importante pois numa situação de um prédio pegando fogo, por exemplo, ela é ativada e nós corremos para sair daquele ambiente perigoso. Como hoje em dia nos sentimos ameaçados por várias razões diariamente, como violência, insegurança, trabalho, economia, agora pelo coronavírus, entre outras coisas, estamos liberando substâncias constantemente no corpo como adrenalina, cortisol, e é por isso que nossa imunidade cai e acabamos adoecendo.

Ansiedade e estresse realmente nos deixam doentes fisicamente, e podem até nos deixar incapacitados de trabalhar. Lembrando que não adianta se desesperar, porque isso vai fazer com que a imunidade fique prejudicada, e por isso a prática é tão importante para “segurar a onda” e se autorregular emocionalmente. Ajuda a ter mais controle das nossas emoções, mais clareza mental para tomar decisões, e mais tranquilidade para lidar com o momento presente como ele se apresenta. É preciso lidar com esse estresse e ansiedade da melhor forma possível, temos que aprender a viver apesar do estresse e ansiedade do momento, e não em função dessas emoções que podem atrapalhar a gente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 1 =